O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO] concedeu uma entrevista ao canal Ultrajano do Youtube, nesta quinta-feira (20), aos jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco. Alternando bom humor com críticas duras, ele não se ausentou de dizer o que pensa sobre diversos nomes.

Durante a entrevista, #Lula criticou a campanha negativa que a mídia faz contra ele. "Pode enfiar todos os políticos juntos, um dentro do outro, que eles não aguentam 10% do que eu aguento. Veja agora na Lava Jato, deram um tiro com espingarda de chumbo e não ficou um tucano em pé, sumiram todos. Eu estou tomando tiro de escopeta todo santo dia e se tiver eleição e eu for candidato, eles sabem que eu posso ganhar”, pontuou.

Publicidade
Publicidade

O ex-presidente também afirmou que a perseguição e as mentiras contra ele vêm de longe e citou a eleição para governador de São Paulo de 1982, quando jogaram milhares de panfletos em São Bernardo do Campo, com uma imagem de uma idosa em uma favela e a seguinte mensagem: “ Lula não cuida nem da mãe dele”. A foto era falsa e a mãe dele já havia falecido.

Juiz Sergio Moro

Sobre o juiz Sergio Moro, Lula voltou a dizer ainda que espera as provas contra ele. No dia da condenação, ele também revelou que ficou mais preocupado com o jogo do Corinthians (seu time de coração) do que com a sentença, pois já sabia bem antes o que Moro decidiria. O ex-presidente, entretanto, disse ter esperanças de que seja inocentado em outras instâncias.

Lula criticou os principais nomes do PSDB. Veja alguns trechos:

Aécio Neves

“Na campanha de 2014, o Aécio disseminou o ódio, era uma coisa muito truculenta”

Geraldo Alckmin

Se referindo ao debate que teve para presidente em 2006 que teve com Geraldo Alckmin, Lula disse: “O Alckmin foi muito agressivo na eleição de 2006 e agressão não fica bem com o jeito dele.

Publicidade

Ele parece que mamou até os 14 anos, parece que empinou pipa na frente de um ventilador(...) A cara dele não ficava bem. Ninguém acredita nele bravo, mas ele me ofendia e a gente tinha a pesquisa em tempo real e quando terminava o bloco (quando ia para o intervalo comercial), vinha o resultado da pesquisa e o Alckmin 'sifu'.”

FHC

Sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Lula afirmou que tem uma boa relação, mas que talvez FHC tenha ficado chateado com o seu sucesso na política nacional e internacional.

João Doria

Sobre as chances de João Doria ser o candidato do PSDB para disputar a presidência em 2018, Lula comentou: “O Doria tem que provar, por enquanto ele não é nada, ele é só um João Trabalhador que não trabalha.”

Bolsonaro presidente?

Ao ser indagado sobre as chances do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vencer a eleição presidencial de 2018, Lula demonstrou desdém: “Acho que o Bolsonaro não disputará e se disputar não terá chances, porque acho que na hora mesmo, as pessoas que hoje pensam ( em votar nele), terão vergonha de dizer irão votar numa pessoa tão reacionária." #João Dória #Bolsonaro2018