Já tem algum tempo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO] estava sendo investigado pelo conhecido caso do tríplex. Ele foi condenado na primeira instância e o juiz responsável por julgar o seu caso é o conhecidíssimo Juiz Sérgio Moro.

O processo que #Lula responde envolve a reforma e a compra de um apartamento tríplex, que fica situado na região do Guarujá, litoral de São Paulo.

O ex-presidente estava respondendo pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Lula não foi a única pessoa condenada nesse processo. Além dele, mais seis pessoas receberam condenação no mesmo processo.

O tríplex no Guarujá

De acordo com o Ministério Público Federal, um tríplex do Condomínio Solaris foi destinada ao Lula.

Publicidade
Publicidade

Inicialmente, o edifício era comercializado por uma cooperativa de crédito ligada ao Sindicato dos Bancários de São Paulo. A cooperativa tinha o nome de Bancoop e faliu. Após sua falência, a comercialização do condomínio foi assumida pela empreiteira OAS. Ainda de acordo com informações do MPF, a ex-mulher de Lula, Marisa, tinha uma cota desse empreendimento.

Segundo informações do Ministério Público Federal, o tríplex teria rendido a Lula uma quantia de R$ 2,76 milhões. Esse valor se refere a uma diferença entre o que a família de Marisa já havia pagado pelo tríplex, somado com as melhorias que foram realizadas no apartamento.

As denúncias

Durante os anos de 2013 e 2014, Marisa e Lula fizeram algumas visitas ao apartamento. Segundo informações dos procuradores, as visitas aconteceram para que ficasse definido quais seriam as obras que deveriam ser realizadas naquele apartamento, inclusive a instalação de um elevador exclusivo para eles.

Publicidade

A defesa de Lula

Segundo a defesa de Lula, ele reconheceu que Letícia tinha realmente uma cota que lhe permitiria adquirir um apartamento no condomínio Solaris. Porém, o ex-president afirmou que ela desistiu de realizar a compra no momento em que a Bancoop faliu e a empreiteira OAS assumiu o empreendimento.

A sentença

O processo contra lula foi longo e se arrastou por um bom tempo. Hoje, o digníssimo Juiz Sério Moro proferiu sua sentença e condenou o petista a 9 anos e sei meses de prisão. Lula foi condenado em primeira instância e pode recorrer.

Lula ainda pode concorrer a cargo político?

Sim. De acordo com a lei regente Ficha Limpa a candidatura de alguém a um cargo político só pode ser impedida se ele for condenado por mais de um julgador.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante e sempre ajuda no debate de temas importantes. #Luiz Inácio Lula da Silva #Sergio moro condena Lula