Nessa última quarta-feira, (12), o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva (PT) surpreendeu a todos ao afirmar que não estava dando atenção à decisão judicial do juiz Sérgio Moro, sobre a sua condenação ou não. O petista afirmou que naquele momento estava fazendo algo mais importante e não poderia ser interrompido. Inclusive, Lula diz que os seus advogados, quando o magistrado deu a sentença, ligaram imediatamente para ele, no entanto, o petista pediu para que não contassem o que estava acontecendo, pois, naquele momento, ele estava envolvido no jogo e torcendo para que o Corinthians – atual líder do Campeonato Brasileiro e que já não perde há diversas rodadas – vencesse o seu principal rival, o Palmeiras.

Publicidade
Publicidade

“Outra coisa que eu não quis falar com a imprensa, porque ontem eu estava em um assunto muito importante para resolver, que era ver o Corinthians derrotar o Palmeiras dentro do campo do Palmeiras. Então, eu não tive tempo de analisar a condenação, nem conversar com o advogado, pois eu disse para ele que primeiro vou ver o Corinthians derrotar o Palmeiras, depois a decisão do Moro”, disse Lula. Ao que parece, o ex-presidente recebeu a notícia de sua condenação em um momento muito alegre, pois, como se sabe, o Timão derrotou o Alviverde por 2 a 0.

Em seguida, citando novamente o time de coração, Lula fez uma analogia com Messe e o Corinthians. Ele contou que, caso em um futuro próximo alguém chegar para ele e dizer que Messi foi contratado pelo Timão, ele vai acreditar.

Publicidade

“Foi isso o que aconteceu no meu caso”, disse o petista, citando as delações de outras pessoas, que o acusavam de participação em acordos criminosos, flagrados pela Operação #Lava Jato.

Lula seguiu contando que não teve nenhuma surpresa com relação à sua condenação por parte de Ségio Moro, pois, segundo o petista, “eles já estavam com o processo pronto”, e dessa forma também a condenação em mãos. Mas Lula não evitou novamente de citar o seu desejo de ver Messi no Corinthians, porém, sabe que isso, nesse momento, é algo impossível de acontecer. Da mesma forma, segundo o ex-presidente, é impossível de alguém provar a sua participação nas negociações do Tríplex, localizado no Guarujá, litoral paulista.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a pagar 16 milhões de reais, que, de acordo com o magistrado, foram destinados a agentes políticos do Partido dos Trabalhadores, e, também, a pagar 9 anos e 6 meses de prisão. Lula conta que vai recorrer sempre, até a última instância e concluiu que a sua candidatura para presidente da República, no próximo ano, já é certa. #Sergio Moro