O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) é um dos pré-candidatos à presidência da República nas eleições que acontecem no ano que vem, e uma seguidora do parlamentar que mora nos Estados Unidos condicionou sua volta ao Brasil com a vitória de #bolsonaro.

A brasileira Egla Santana não vem ao país visitar a família desde 2012. “Deputado e futuro presidente do Brasil. Fiz uma promessa de só voltar ao Brasil se o senhor ganhar as eleições. Já faz cinco anos que não vou visitar a minha família por medo”, afirmou a mulher na página oficial de Bolsonaro no Facebook.

“Eu tenho certeza que com a sua vitória o Brasil vai melhorar muito e eu vou poder voltar, ir passear e visitar minha família novamente.

Publicidade
Publicidade

O senhor é o meu Trump Brasileiro. Love you”, derreteu-se a seguidora do deputado federal.

Um outro internauta comentou que se Bolsonaro vencesse ela poderia voltar a morar no Brasil. “Acho que voltar a morar no Brasil não vai rolar, já vivo aqui (Estados Unidos) há 26 anos. Mas gostaria muito de poder visitar meu país e andar nas ruas sem medo de ir aos lugares. Já seria uma benção para mim e meus filhos”, disse Egla.

Insegurança

A crise econômica, sem dúvida nenhuma, é um dos motivos que faz muitos brasileiros irem morar no exterior. Mas a falta de segurança no país também é outro motivo forte que faz as pessoas mudarem do país.

A seguidora de Bolsonaro, por exemplo, cita exatamente a falta de segurança como um dos motivos que a afastam do país há cinco anos e a impede de visitar sua família na sua terra natal.

Publicidade

Segundo dados do governo brasileiro, a estimativa é de que 1,2 milhão de brasileiros morem nos Estados Unidos. O número é maior do que o da população de muitas cidades do país.

Jair Bolsonaro

Pré-candidato à presidência, Bolsonaro, hoje no Partido Social Cristão (PSC), busca um novo partido para concorrer nas eleições do ano que vem. O destino provável do parlamentar deve ser o Partido da República (PR) e o seu vice-presidente seria o senador Magno Malta (PR-ES).

Nas pesquisas de intenção de votos, Bolsonaro mostra que sua candidatura não está para brincadeira. Em quase todos os levantamentos, de diversos institutos, mostram o parlamentar na segunda posição na corrida presidencial, atrás somente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que pode nem ser candidato, caso seja condenado em segunda instância em um dos cinco processos em que é réu.

Por conta disso, o capital político de Bolsonaro cresceu bastante nos últimos anos e ele é um dos nomes fortes da política brasileira hoje.

#Eleições 2018