Enquanto luta para angariar apoio dos deputados e se sustentar no cargo, o presidente Michel #Temer convive com as rígidas cobranças da população brasileira. Uma pesquisa realizada pelo instituto Ipsos, e divulgada nesta segunda-feira, deixou evidente a insatisfação popular com a gestão do peemedebista.

De acordo com os números levantados pelo Ipsos, 94% reprovam o governo liderado por Michel Temer. Eles desaprovam "totalmente" ou "um pouco" a atual gestão. Entre os dias 1° e 14 de julho, 1.200 pessoas foram ouvidas pela equipe de trabalhodo instituto.

A nova análise representa um recorde negativo para Temer, que, na avaliação anterior, tinha 93% de desaprovação.

Publicidade
Publicidade

O presidente, portanto, é mais rejeitado que Eduardo Cunha (93%), Aécio Neves (90%) e Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula [VIDEO], recentemente condenado na Operação Lava-Jato por corrupção passiva (68%).

No mesmo passo, 85% dos entrevistados classificaram o governo Temer como "péssimo" ou "ruim". A gestão só é "ótima" ou "boa" para 2% do público ouvido Ipsos. A pesquisa foi divulgada faltando menos de duas semanas para a votação da denúncia de corrupção passiva de Temer na Câmara dos Deputados, que será feita no dia 2 de agosto. #Lula