Todo esse cenário conturbado da #Política brasileira tem ocasionado vários comentários pelo mundo. Segundo a imprensa internacional, o povo brasileiro tem se manifestado pouco diante da turbulência política e a impressão que tem é de um pouco de apatia com o futuro do país.

Brian Winter, editor da revista americana "Americas Quaterly", comentou bastante sobre esse tema. A revista dele chegou a publicar, há alguns meses atrás, uma matéria sobre o juiz federal Sérgio Moro, colocando ele como um caça-corruptos.

De acordo com Winter, não está havendo muitos protestos no Brasil em decorrência de dois motivos. O primeiro é a economia.

Publicidade
Publicidade

Por mais que o Brasil vive momentos de crise e o cenário não é de grande expectativa, a inflação registra uma desaceleração e deixa o povo um pouco mais confortável e mesmo com a taxa de desemprego em alta, o país tem criado, nos últimos meses, várias vagas de emprego criando a esperança das coisas estarem começando a melhorar.

Outro ponto que o editor cita é que os protestos geralmente são feitos quando se tem alternativas boas para o lugar daquilo que está ruim, mas no Brasil, a #Corrupção atingiu toda a classe política e o povo não tem a quem recorrer. "Temer é ruim, mas quem é melhor?", perguntou Winter?

Desânimo

O editor da revista americana decidiu investigar no Brasil qual político seria mais bem vindo para ser o próximo presidente. Ele revelou que pensou encontrar no prefeito João Doria um maior fervor eleitoral, mas ouviu das pessoas que Doria não seria candidato e isso acabou desanimando elas.

Publicidade

Analisando Marina Silva, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa e o ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva [VIDEO], Winter disse que até encontra alguns apoiadores, mas ninguém se mostra satisfeitos e animados com a candidatura deles.

Político aplaudido

Mas Winter percebeu que um político tem ganhado a atenção principalmente nos aeroportos, onde tem sido muito aplaudido. O editor citou o deputado federal Jair Bolsonaro. Segundo a visão de Winter, as pessoas que querem Bolsonaro na presidência são mais alvoroçadas e demonstram uma grande confiança nele.

O editor percebeu que o deputado está subindo cada dia mais nas pesquisas e ele carrega a seguinte mensagem: se todos os políticos civis são corruptos, se o crime está fora de controle, só existe um jeito de salvar o país e ele afirma ter o antídoto.

Um outro detalhe que chamou a atenção de Winter e que pode ser favorável a Bolsonaro, é que numa pesquisa realizada em junho, as Forças Armadas são, agora, a instituição mais respeitada do Brasil.

O editor termina dizendo que o Brasil pode se surpreender nas eleições de 2018 igual os Estados Unidos se surpreendeu com a vitória de Donald Trump. #Bolsonaro2018