O vídeo de um "showmício" de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, após a sua condenação pelo juiz federal Sérgio Moro, mostrou um grande abatimento dos militantes petistas. O evento aconteceu em Fortaleza, no Ceará, e estava repleto de atrações musicais.

Eram esperadas milhares de pessoas em solidariedade ao petista, mas os organizadores se surpreenderam com o número de presentes. Foram ao "showmício" apenas 200 pessoas. O vazio do evento era bem notório. Algumas pessoas balançavam bandeiras demonstrando um pouco de animação, mas o cenário era um verdadeiro "luto".

Veja o vídeo que está sendo muito repercutido na internet:

Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão e só não foi para o regime fechado por "prudência", de acordo com Moro.

Publicidade
Publicidade

O juiz disse que não teve nenhuma satisfação pessoal em condenar Lula, já que o correto era que um ex-presidente da República fosse exemplo para as pessoas.

Moro, no final da sentença, ressaltou que ninguém estava acima da Lei. Jornais do mundo todo elogiaram a conduta do juiz.

Aumento da pena

De acordo com o advogado José Paulo Cavalcanti Filho, que já passou pelo Ministério da Justiça sendo secretário-geral no governo do ex-presidente José Sarney, o juiz Sérgio Moro foi bem cauteloso com a pena do ex-presidente. A pena poderia ter sido maior, mas o advogado acredita que Moro percebeu a dimensão pública que causaria se fosse dada uma sentença mais forte contra Lula.

O advogado elogiou como o magistrado escreveu a sentença, de uma forma bem estruturada, em que qualquer pessoa que não entenda o processo consegue ler sem nenhum problema.

Publicidade

Provas contundentes

Moro citou 15 provas para indicar que o triplex de Guarujá era um benefício ganho por Lula após ele favorecer contratos fraudulentos entre a Petrobras e a construtora OAS.

O advogado relacionou algumas provas fortes que Moro teve para provar que o triplex era do petista. O juiz apontou que Lula e sua esposa falecida, Marisa Letícia, pagaram 50 prestações do triplex. Foram gastos mais de 1 milhão de reais com a reforma do imóvel, o que não seria algo realizado pela construtora, já que a reforma é voltada para o gosto dos donos. Mensagens eletrônicas mostraram que foram feitas melhorias no imóvel para favorecer o gosto de Lula e sua mulher.

O ex-presidente mantém a tese de que sofre perseguição politica e já entrou com recurso contra a sentença. #PT #Corrupção