A #deputada federal Shéridan Oliveira chama a atenção na #Câmara dos deputados por sua beleza. Eleita pelo estado de Roraima, ela foi a primeira mulher em 2016 a votar a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, [VIDEO]do Partido dos Trabalhadores (PT). Na época, Shéridan, que é considerada uma das parlamentares mais bonitas do Congresso Nacional, disse que o seu voto foi para que a esperança do povo brasileiro, então roubada, fosse resgatada.

Deputada Shéridan rompe o silêncio e revela porque não esteve na votação sobre Michel Temer

Em entrevista à Revista Veja, a parlamentar revelou o segredo de não ter ido na votação que definiu o futuro de Michel Temer na presidência da República.

Publicidade
Publicidade

A câmara votou para que o Supremo Tribunal Federal (STF) não investigasse o presidente, com o seu mandato ainda em vigor, pelo crime de corrupção passiva. Temer ainda pode ser investigado após deixar o poder. Shéridan explica que deveria ter chegado em Brasília ainda no começo da manhã, mas que acabou chegando ao Congresso Nacional durante a madrugada, quando a votação, inclusive, já havia chegado ao fim.

Shéridan Oliveira diz que é a favor de Temer e que não quer mais ver Brasil parado

A parlamentar disse que votaria a favor do presidente. Ela disse que o seu papel como deputada era mesmo estar na votação, mas que seu voto não mudaria o quadro instalado ali no parlamento. Ela explicou que o país está tendo muitos problemas e que pode entrar em um verdadeiro colapso. Shéridan acredita que os atuais problemas da economia foram culpa de 13 anos dos governos dos ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Publicidade

Após ser chamada de 'gostosa', deputada Shéridan Oliveira critica colegas: 'O machismo impera'

A parlamentar ainda comentou um fato constrangedor da votação. Assim que o seu nome foi citado, um outro parlamentar a chamou de "#gostosa". Para a deputada federal, a atitude do político, além de constrangedora, mostrava o comportamento medieval e machista, que é muito comum do parlamento. Ela lembrou que é mãe de duas meninas e que uma das suas filhas foi quem ouviu o político a chamando de "gostosa". "É um absurdo", revelou a parlamentar que usa a internet também para compartilhar fotos malhando e algumas imagens até de biquíni.

Parlamentar chamada de 'gostosa' disse que vai recorrer à Câmara

Após o episódio, a parlamentar disse que vai tomar as devidas providências na Comissão de Ética, baseada em um artigo sobre ofensas morais nas dependências da Casa.