O deputado federal Wladimir Costa, que ficou conhecido no país após as polêmicas que provocou na Câmara dos #deputados quando participou da votação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), para decidir o futuro do presidente #Michel Temer (PMDB-SP) com relação à denúncia protocolada pelo Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, resolveu expressar a sua grande amizade com o peemedebista.

O parlamentar que sempre idolatrou o presidente Temer fez questão de deixar registrado o seu afeto e resolveu marcar seu próprio corpo com uma tatuagem, pintada no ombro direito com o nome "Temer". Wladimir procurou alguma forma que pudesse representar a sua adoração pelo presidente da República, todavia, explicou [VIDEO] que a tatuagem foi a melhor iniciativa para que uma pessoa seja lembrada para sempre.

Publicidade
Publicidade

Consciente de sua atitude, exaltou: "Paraense não é de se arrepender não", alertou o deputado. O desenho do nome de Temer foi finalizado na última sexta-feira (28), ao custo de R$ 1.200 e brincou debochando que dividiu em seis prestações iguais financiadas em cartão de crédito.

"Cada um com suas paixões". No entanto, tentou justificar questionando que as pessoas tatuam o que quiserem como, por exemplo, o Fidel Castro, Che Guevara, o presidente da Coreia dente outros. "Sou admirador nato (de Temer)", o deputado disse ainda que é amigo íntimo do peemedebista, pelo menos uns 16 anos e tem passe livre para encontrá-lo [VIDEO]quando há necessidade. E foi além, Wladimir comentou que nesse momento em que os oposicionistas tentam derrubá-lo, ele se declara ao amigo como forma de apresentar o seu apoio sincero.

Publicidade

O parlamentar continuou enaltecendo Temer afirmando que, por ele, derramaria a sua "última gota de sangue". E vai demonstrar em meio aos colegas de plenário no momento em que estiverem votando a favor de seu ídolo (Temer), protagonizou uma surpresa ao presidente da República, segundo o deputado, vai tirar a camisa e mostrar a tatuagem para todos em cadeia nacional, porque não há o que esconder, afinal, tem um "corpo belíssimo", retrucou Wladimir.

Irônico, Costa revelou que "a dor valeu a pena" e na próxima vez a frase será maior e na região da costela. Mas não deixou de avisar sua esposa que, apesar de também se emocionar com o presidente, ele jamais permitirá tatuagens com o nome de "Temer" no corpo de sua mulher.

Por fim, o parlamentar confidenciou que o seu desejo foi realizado, pois conseguiu tatuar o nome do presidente maior do que a homenagem de Marcela Temer (esposa de Temer que tem o nome do peemedebista tatuado no pescoço), encerrou. #denúncia