Publicidade
Publicidade
2

O deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) chamou a atenção de toda a imprensa e do país nesta semana por ter gasto uma bagatela de R$ 1.200,00 em uma tatuagem na qual aparece uma bandeira do Brasil com a palavra Temer escrita embaixo. Você se lembra?

Pois bem, ele voltou a se tornar destaque na noite desta quarta-feira (2). Enquanto aguardava o fim da votação da rejeição contra a denúncia contra o presidente Michel Temer, Wladimir foi flagrado tendo uma conversa picante pelo #WhatsApp, na qual ele insistia para uma mulher lhe enviar nudes e ainda falava sobre algumas apresentadoras da TV brasileira [VIDEO].

De acordo com o portal de notícias, 'TV Foco", o fotógrafo Lula Marques tirou uma foto do deputado Wladimir, dentro do plenário, pedindo nudes para uma garota.

Publicidade

Tranquilo com resultado favorável ao presidente Temer, de quem ele é aliado, ele aproveitou o tempo que tinha livre na casa, diga-se de passagem, tempo este que vai ser pago por nós brasileiros, para engrenar uma paquera através da rede social.

'Mostra tua bunda'

Parece até pegadinha, mas, infelizmente, não é, enquanto o futuro de toda uma nação chafurdada na corrupção e no desemprego era decidido, o deputado federal Wladimir Costa estava mais preocupado em ver a "bunda" de alguém.

Essa é a dura realidade, estamos entregues na mãos de pessoas que pouco se importam com aqueles que os elegeram, até mesmo porque, ao que parece, estes senhores têm coisas muito mais importantes para resolver, como, por exemplo, receber um nude.

Na conversa, o deputado cita algumas profissionais da TV brasileira [VIDEO], entre elas, Fátima Bernardes, Marília Gabriela, Sônia Abrão e Mariza Godói.

Publicidade

De acordo ele, estas mulheres se destacam pelo seu talento e são reconhecidas por sua competência.

Durante este trecho da conversa, ele dá a entender que a pessoa com quem ele está trocando mensagens não se destaca por sua competência ou mesmo por seu profissionalismo, ou seja, neste caso, o que ela teria que mostrar era a "bunda".

Tatuagem que custou 7 milhões de reais aos cofres públicos

Feliz em ostentar seu apoio ao presidente Temer com uma singela tatuagem, o deputado Wladimir esqueceu de citar os valores por ele recebidos através de emendas parlamentares. De de janeiro deste ano até o dia 24 de julho, ele recebeu aproximadamente 7 milhões de reais, conforme informou a ONG Contas Abertas.

Na ocasião em que mostrava orgulhosamente a tatuagem, quando questionado, ele respondeu: "Cada um com suas paixões. Não tem gente que tatua Che Guevara, Fidel Castro, o presidente da Coreia?"

Resta saber se uma destas emendas parlamentares não seria para instituir no Brasil o Dia do Nude, será? #deputados #Crise-de-governo