Publicidade
Publicidade

A filha do apresentador Silvio Santos [VIDEO], #Patrícia Abravanel e seu marido, o deputado Fábio Faria (PSD-RN), entraram com um pedido na Justiça para que seja cancelada parte do depoimento do executivo da J&F, Ricardo Saud.

O casal não admite ser colocado como alvo das investigações e repudia as palavras ditas pelo executivo da empresa. Saud afirmou aos investigadores que foi combinado um pagamento de propina para o deputado na casa do dono da JBS, Joesley Batista. O executivo confirmou a presença da mulher de Faria, a filha de Sílvio Santos, de Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte e pai do deputado e da esposa de Robinson.

Publicidade

Saud fez graves acusações de propina [VIDEO]. Ele relatou em seu depoimento que a empresa J&F teve o aval do governador Robinson para cuidar do serviço de água e esgoto do estado e em troca dessa generosidade, toda a família receberia propina da empresa. Segundo Saud, foi dado como propina o valor de R$ 10 milhões, mas a empresa acabou desistindo de assumir o serviço no estado.

Mensagem por telefone

Uma das formas de tentar cancelar parte dessa delação, a defesa do casal irá utilizar uma mensagem recebida por Patrícia vinda da mulher de Joesley, Ticiana Villas Boas.

Na mensagem, Ticiana reitera que estava triste com toda essa situação e que no jantar entre eles não houve assunto sobre propina. Ela se ofereceu até mesmo a ser testemunha de defesa de Patrícia caso ela precisasse e ressaltou que a delação é um absurdo.

Publicidade

Ticiana declarou apoio à filha de Silvio e comentou que, por mensagem de voz, que aquele jantar foi algo normal e não teve nada de ilícito.

Declaração da defesa

De acordo com os advogados de Patrícia e seu marido, o depoimento de Saud foi feito de má-fé. Para a defesa, o executivo tentou criar algo atraente e vistoso para chamar a atenção das autoridades quando cita uma famosa em sua delação.

A mensagem de Ticiana no celular da apresentadora mostra que o depoimento de Saud não é realista e falta com respeito a Patricia.

O grupo J&F disse que ninguém mentiu sobre os depoimentos e os colaboradores apresentaram muitas informações e trouxeram provas à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Ticiana também comentou que a mensagem enviada ao celular de Patrícia é real e foi ela mesma que mandou em apoio à amiga.

A mulher de Joesley também reafirmou que nem ela e nem Patrícia se envolveram em qualquer assunto sobre irregularidades e que está a disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos. #Lava Jato #Silvio Santos