Publicidade
Publicidade

Polêmica é seu nome. Ame ou odeie, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) sempre é assunto. Nas mídias sociais, Jair Bolsonaro conseguiu o título de "Bolsamito" ou apenas "mito" entre os seus seguidores. Suas opiniões sempre fortes e o jeito duro o fazem popular na extrema direita brasileira.

Na última pesquisa divulgada [VIDEO] pelo Instituto Paraná Pesquisas, na quinta-feira (27), ele cresceu entre as pessoas mais velhas e passou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entre os eleitores com mais de 45 anos, pois o público jovem já apresenta uma grande aceitação de Bolsonaro, reflexo de sua popularização nas redes sociais.

Publicidade

Segundo a pesquisa, em maio, Jair Bolsonaro tinha 9,6% das intenções de voto na faixa de idade dos 45 aos 59 anos. Agora o pré-candidato alcançou 16%, e com isso, encosta no rival petista, que caiu para 24%.

O deputado do Rio de Janeiro sempre é atacado por seus adversários, que usam o fato dele ser um atraso para país, pois consideram suas ideias ultrapassadas e dizem que ele só é conhecido por causa dos adolescentes de classe média que o idolatram. Alguns chamam esses adolescentes de "Bolsaminions", uma referencia ao desenho animado ‘’Meu Malvado Favorito’’, em que o malvado personagem central é seguido por seus minions, que só sabem o adorar e nunca questionam suas ideias.

A última polêmica envolvendo o nome de Jair Bolsonaro foi devido as críticas que fez ao seu novo partido político, o PEN (Partido Ecológico Nacional), ligado à bancada evangélica.

Publicidade

Bolsonaro disse: "Complicado ser de partido que beneficia bandidos". Seu descontentamento vem do fato que o PEN luta no Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar a prisão em segunda instância de condenados pela Justiça, e o deputado é a favor dessa decisão do STF.

Segundo Adilson Barroso, presidente do PEN, o posicionamento do partido continuará igual e que só haverá mudança se Jair Bolsonaro, que deverá ser filiar nos próximos dias, apresentar fortes argumentos contrários.

Sem dúvida, o deputado federal é um nome nas eleições de 2018 que preocupa seus adversários. Seu Facebook, cheio de milhares de seguidores jovens, o torna uma personalidade forte. O seu crescimento entre os mais velhos, pouco habituados a usarem as redes sociais, é um fator importante.

Para conseguir ir bem na disputa presidencial no ano que vem, Bolsonaro vai precisar de votos de todas as faixas etárias e de todas as regiões do Brasil. Ela precisa mostrar a mesma força nas urnas que tem nas redes sociais. #Eleições 2018 #Bolsomito #JairBolsonaro