O deputado federal Wladimir Costa, do Solidariedade do Paraná, entrou recentemente em uma polêmica ao aparecer com uma suposta tatuagem no ombro. Nela, estava o nome de #Michel Temer, do PMDB.

Ele também foi flagrado pedindo nudes através do WhatsApp para um das suas eleitoras, dizendo, inclusive, que ela tinha que mostrar o que tinha de bom, sua "bunda". Se já não bastasse tudo isso, como mostra o portal de notícias UOL, Wladimir agora recebe uma acusação bem mais grave, a de assédio sexual

Deputado federal Wladimir Costa é acusado de assédio sexual por jornalista

A jornalista Basília Rodrigues, diz que foi alvo de assédio sexual e moral do parlamentar.

Publicidade
Publicidade

Trabalhando há dez anos no Congresso Nacional, ela decidiu expor toda a situação através das redes sociais.

Entidades ligadas a jornalistas também se pronunciaram a respeito da situação e condenaram as atitudes de Wladimir, que já havia sido flagrado em uma festa de cueca e bebendo cerveja. Basília decidiu contar o que sofreu através de um post no Facebook. A denúncia ganhou centenas de curtidas e comentários, como pode ser visto na publicação abaixo:

Jornalista acusa Wladimir Costa de assédio sexual e moral e caso vira escândalo

Basília estava cobrindo um jantar de Michel Temer com aliados. Ele tentava conseguir votos a favor de sua permanência no poder, sem que haja investigação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Mesmo diante de microfones e câmeras, Wladimir [VIDEO]teria feito ataques pessoais e machista à repórter.

Publicidade

Ao fazer uma pergunta sobre o seu voto na Câmara, o deputado federal teria dito que daria para a mulher todo o seu corpo.

Wladimir Costa é acusado de machismo em dois episódios

A jornalista contou que outros deputados, que ficaram sem graça com a atitude do parlamentar, foram até ela e pediram desculpas pelo episódio. Durante a sessão da Câmara, Wladimir já tinha sido acusado de machismo durante o flagrante do seu papo no WhatsApp.

Ele diz que algumas pessoas mostram sua inteligência e outras a bunda. Ele citou nomes como de mulheres com credibilidade algumas famosas, falando de Fátima Bernardes, Sônia Abrão e Marília Gabriela.

Deputado Wladimir Costa teria tatuagem em local íntimo

"Além de Temer, o deputado em questão tem o nome da esposa tatuado, segundo ele, em um lugar íntimo. Ele mesmo contou. Não preciso aqui dizer onde. Concluo, desculpe. Idiota é também quem dá atenção pra você", escreveu a jornalista que denunciou o parlamentar.

E você, o que acha da atitude do deputado federal? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes. #Wladimir Costa