Depois de se orgulhar por fazer uma tatuagem no corpo com o nome do presidente Michel #Temer (PMDB), o deputado federal #Wladimir Costa (SD-PA) se envolveu em mais uma grande polêmica. O fotógrafo Lula Marques flagrou o parlamentar paraense conversando no WhatsApp com uma moça e pedindo para que ela mostrasse para ele o corpo nu, com detalhes para o seu bumbum.

Na conversa, Wladimir diz que o que importa em uma mulher não é o seu intelecto [VIDEO], mas, sim, de acordo com o político, se o seu bumbum é atraente. “Mostra a tua bun**. Afinal, não são suas profissões que a destacam como mulher, é sua bunda. Vai lá põe aí garota”, comentou o deputado.

Publicidade
Publicidade

O comentário foi feito por volta das 17h27 – momento em que os deputados ainda votavam para decidir se a acusação contra o presidente Temer seria arquivada ou não. Wladimir, naquele momento de muita tensão entre oposição e governistas, parecia não estar muito interessado [VIDEO] em debater e ajudar os seus colegas.

Ele, inclusive, comentou com a moça no aplicativo de mensagens instantâneas que há mulheres de sucesso e que não têm certos atributos físicos apreciáveis e disse que os bumbuns dessas famosas já não são apreciadas pelos homens. [VIDEO]

Após toda a polêmica, o deputado foi visto comemorando o bom resultado dos governistas e gravou um vídeo onde o próprio presidente Michel Temer mandou uma mensagem para os brasileiros e eleitores do paraense. Wladimir chegou a citar que em primeiro lugar está Deus e logo depois vem Temer.

Publicidade

“Marília Gabriela, Mariza Godói, Fátima Bernardes, Sonia Abrão são elogiadas, respeitadas e até desejadas pelas suas capacidades técnicas”, diz o deputado. No entanto, ele completou que essas famosas são exceções, pois não têm um ‘’par de bun***’’ que o agrade, pelo fato de serem “já bastante desbotado pelos anos”.

Em resposta e impressionada com o que estava lendo, a moça escreveu para o paraense que o deputado estava perdendo o seu valioso tempo e deveria fazer comentários de coisas mais interessantes. Ela argumentou que aquele não era o melhor momento para que os dois tivessem aquele tipo de conversa.

“Você poderia perder seu valioso tempo com coisas mais interessantes”, rebatou a internauta. Já na última sexta-feira (31), “Wlad”, como é carinhosamente chamado pelos seus colegas parlamentares, inclusive o próprio Michel Temer, causou alvoroço por ter levado dois bonecos Pixulecos ao Plenário.

Ele fazia referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que foi condenado na Operação Lava Jato pelo juiz Sérgio Moro. Em seguida, nesse mesmo dia, Wladimir foi surpreendido pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que não gostou da brincadeira do paraense e partiu para cima dos bonecos. O petista, inclusive, conseguiu arrancar um dos bonecos das mãos de ‘Wlad” e o rasgou. #Câmara dos Deputados