Novamente o delator Joesley Batista, conhecido no Brasil não apenas por ser um dos sócios da JBS, mas por escancarar os bastidores da corrupção política [VIDEO] nacional na operação #Lava Jato está em evidência.

Entenda o caso

Um dos ex-executivos [VIDEO] de sua empresa, Ricardo Saud, em delação premiada, envolve uma das filhas de #Silvio Santos, o dono do SBT', comunicador e empresário de televisão. A filha em questão é #Patrícia Abravanel que atualmente apresenta o programa ‘Máquina da Fama’ na emissora da família. O executivo Ricardo Saud afirma que Patrícia participou de um jantar e que participou de de negociações que envolvem acerto de propina.

Publicidade
Publicidade

Por mais que cause estranheza, o marido de Patrícia é o Deputado Federal Fábio Faria (PSD-RN) e seu sogro é Robinson Faria (PSD) - governador do Rio Grande do Norte.

A delação premiada

Em seu depoimento, o executivo Ricardo Saud afirma que Joesley Batista (JBS) recebeu, em novembro de 2014, o governador do do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, em um jantar com a finalidade de conseguir as concessões de esgoto e água do estado e já vislumbrando novos negócios a JBS montava uma empresa relacionada à área.

Segundo Saud, estavam presentes o Deputado Federal Fábio Faria (PSD-RN) e Patrícia Abravanel sua noiva na ocasião. Ricardo Saud ficou conhecido no escândalo da mala de R$ 500 mil reais entregue ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Ele foi o responsável pela entrega da mala na ocasião.

Publicidade

Em contrapartida, caso fosse contemplado com as concessões, Joesley Batista faria doações à campanha do político.

Em 18 maio, com a operação Patmos deflagrada e por conta da delação premiada de Ricardo Saud,Ticiana esposa de de Joesley envia um áudio para Patricia Abravanel via WhatsApp, dizendo a que foi ‘um jantar normal” e que nada havia lá de ilícito. Caso a filha de Silvio Santos precisasse ela estaria à disposição para ajudar em um futuro depoimento para a Lava Jato.

Saldo de toda essa confusão envolvendo Patrícia Abravanel e sua família

A apresentadora entrou com uma ação de indenização no valor de R$ 300.000 por ter sido citada no depoimento de Ricardo Saud. Na ação de danos morais, ela contesta a sua presença e a de Ticiana, respectivamente, nas negociações envolvendo propina e vantagens à JBS.

Patrícia Abravanel pretende doar o valor da ação por danos morais a uma instituição que cuida de crianças com deficiência, segundo consta na ação.

Assista ao vídeo da delação: