Publicidade
Publicidade

Independente do país, região, estado ou cidade, política é sempre um assunto muito debatido e polêmico, mas o Brasil em especial, tem deixado espaço para diversas discussões. Corrupção, decisões duvidosas, leis novas, assunto não falta, contudo, o tema que provavelmente gera diálogos maiores é o futuro do país. Notícias saem todos os dias, e o povo desde já começa a pensar em qual candidato é de fato o maior merecedor do cargo de presidente do país.

Em meio à crise, jornais, revistas, e outros meios da mídia já começaram a realizar pesquisas para saber qual candidato tem mais chances de sair vitorioso nas eleições de #2018.

Publicidade

Uma #pesquisa realizada pelo instituto Datafolha no mês de junho mostrou que Lula é o favorito para ganhar o primeiro turno, seguido por #Jair Bolsonaro do partido PSC e Marina Silva.

O ex-presidente Lula tem demonstrado o interesse de sua candidatura desde que Dilma sofreu o impeachment. Mesmo sendo alvo de constantes processos e investigações, o antigo presidente aparenta ainda representar uma boa parte da sociedade.

Em relação ao PSDB, existem alguns nomes cotados para a disputa, como Geraldo Alckmin, que já foi para o segundo turno com Lula, em 2006, mas acabou perdendo. Outros possíveis nomes são o de Aécio Neves, José Serra e até mesmo o de João Doria, atual prefeito de São Paulo.

Aécio

Aécio foi um forte candidato nas eleições de 2014, e tudo indicava que seria novamente em 2018, entretanto, após ser citado em delações das Lava Jato, acabou perdendo popularidade e consequentemente a influência que possuía.

Publicidade

João Dória

João Dória, ao contrário de Aécio, tem ganhado uma certa popularidade, sendo cotado para disputar a presidência mesmo estando em seu primeiro mandato político. Dória já afirmou em algumas ocasiões que vai terminar o tempo que possui como Prefeito e que defende a eleição de Alckmin.

Michel Temer

Michel Temer [VIDEO], embora já ter dito diversas vezes que não pretende se reeleger, é um nome que deve ser levado em consideração, já que sua candidatura fortalece outras, como a de Lula e Doria, por exemplo. Temer é provavelmente o que detém a popularidade mais baixa dentre todos os candidatos citados, fato este que provavelmente se deve por muitos o culparem como um dos grandes responsáveis pela atual crise do Brasil.

Marina Silva

Quanto a Marina Silva, ela já se candidatou duas vezes. Em 2014, chegou a ficar próxima do segundo turno. Nas pesquisas já realizadas, seu nome tem demonstrado uma certa influência, porém, sua candidatura ainda não é concreta.

Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro [VIDEO], responsável por defender posições consideradas polêmicas, aparenta estar com uma forte popularidade de acordo com as pesquisas eleitorais. Bolsonaro já confirmou que vai disputar o cargo de presidente diversas vezes.

São diversos nomes na disputa, mas considerando o fato de que todos os dias aparecem notícias sobre os possíveis candidatos, é difícil cravar um resultado concreto.