Publicidade
Publicidade

Pouco antes de embarcar para a China, onde buscará parceiros comerciais e participará de uma reunião do #Brics, o presidente do Brasil, #Michel Temer (PMDB), divulgou um vídeo nesta terça-feira, dia 29, onde tentou defender seu governo. “Sabemos que tem gente que quer parar o Brasil”, disse Temer em um determinado momento do vídeo, onde criticou a “herança legada pelo governo anterior”, afirmando que visitará o gigante asiático em busca de recuperar a economia brasileira.

O vídeo surge justamente no período em que intensificam os rumores de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentará uma nova denúncia contra Temer baseada na delação premiada do empresário Joesley Batista, da JBS.

Publicidade

Denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em junho, Temer conseguiu resistir ao andamento do processo após costurar um acordo suficiente para barrar o prosseguimento do inquérito [VIDEO] na Câmara.

Caso as especulações se confirmem e Janot apresente uma nova denúncia contra Temer, o Planalto terá que mobilizar forças para tentar vencer novamente no Congresso. A situação gera apreensão no governo, que acredita que a denúncia pode atrasar o andamento das reformas propostas por Temer e voltar a criar rejeição à figura do presidente, já abalada e com forte queda de popularidade desde a revelação do conteúdo da delação de #Joesley Batista, em maio.

Confira abaixo o vídeo divulgado por Temer em suas redes sociais: