Publicidade
Publicidade

A senadora e presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, resolveu publicar uma pesquisa encomendada pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) ao Instituto Vox Populi. A senadora é ré por corrupção na Operação Lava Jato.

De acordo com as denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR), Gleisi e Paulo Bernardo, seu marido, que foi ex-ministro do Planejamento, foram beneficiados com propina de R$ 1 milhão para a campanha da senadora em 2010. O dinheiro veio do Petrolão e foi descoberto pelos investigadores da Lava Jato.

Gleisi tem demonstrado muito ódio pelo juiz federal Sérgio Moro [VIDEO], chegando a chamá-lo de "covarde" após a sentença proferida por ele que ocasionou na condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO]a nove anos e meio de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Publicidade

Agora, a petista tentou difamar Sérgio Moro com uma pesquisa incorreta às normas da Matemática. Ela disse que na pesquisa feita pelo Vox Populis a pedido da CUT, Moro não convence. Segundo ela, os números da pesquisa são: 42% das pessoas dizem que Moro não conseguiu juntar provas contra Lula. Para 32%, o juiz provou a culpa do petista e 27% não sabem ou não quiseram responder.

Os internautas, na hora, resolveram tirar sarro dela dizendo que há superfaturamento até nas pesquisas do PT. Se for somar a quantidade de votos, ultrapassa 100%, ou seja, se torna uma pesquisa inválida.

Apoio de Gleisi a Maduro

O ditador Nicolas Maduro tem sido detonado por quase todos os grupos políticos brasileiros, que não concordam com a forma dele levar a Venezuela a um verdadeiro caos e por prender opositores ao seu governo.

Publicidade

O mundo todo já repudiou as ações do ditador e a Venezuela acabou sendo tirada do Mercosul em decorrência dessas atrocidades.

Mas uma pessoa demonstra um grande carinho por Maduro. Gleisi Hoffmann defende o ditador e disse que ele deve continuar no poder pois foi eleito pelo povo. A senadora parece ignorar a morte de tantas pessoas na país bolivariano.

Declarações fortes

Gleisi Hoffmann tem se mostrado uma mulher com pensamentos totalmente contrários aos anseios da maioria. Ela tenta 'destruir' Sérgio Moro e o juiz é aplaudido por todos os lugares que ele vai, inclusive em outros países.

A parlamentar chegou a convocar a militância para atos de violência e poderia ter sido denunciada na esfera judicial. Gleisi ainda afirma que Lula estará nas próximas eleições de qualquer jeito. Essa atitude dela acaba se tornando um confronto com as leis da Justiça. #SérgioMoro #lei