Publicidade
Publicidade

O presidente da República, #Michel Temer (PMDB) usou a suas contas pessoais nas redes sociais, neste domingo (13), em que se comemora o #Dia dos Pais, e aproveitou para postar uma mensagens felicitando todos os pais do Brasil pela data. Apesar do ato bem intencionado, Temer foi surpreendido com uma chuva de críticas dos usuários de rede social, que poderiam ter sido evitadas, caso ele não tivesse se manifestado.

"Quero mandar o meu abraço a todos os brasileiros que têm a bênção de serem pais", afirmou Temer. "Que tenhamos todos um feliz domingo em família", prosseguiu, usando a hashtag #DiaDosPais, em sua conta pessoal no Twitter.

Publicidade

No Facebook, a mensagem foi um pouco mais intensa, mas com o mesmo tom. Temer enfatizou o papel dos pais na educação dos filhos na infância e na adolescência. Veja a mensagem:

Internautas não perdoam [VIDEO] e detonam presidente

Ao lerem as mensagens de Michel Temer, muitos usuários seguem o presidente da República no Twitter e Facebook fizeram comentários indelicados e não pouparam até mesmo o filho do casal Marcella e Michel Temer. "Michelzinho já está milionário. Parabéns por ser um pai tão 'exemplar', apertando o bolso dos que quase nada têm", respondeu um seguidor, no Twitter.

Alguns usuários da rede social aproveitaram para responder a mensagem do presidente Temer pedindo a renúncia do político, que segundo levantamento realizado por um instituto de pesquisa, tem os piores índices de popularidade da história recente do país.

Publicidade

"Fora Temer. Bom pai não tira a comida o trabalho e a moradia de seus filhos!!", escreveu outro seguidor.

"O dia seria feliz se o senhor renunciasse. Quanto ao abraço, acho que geral está dispensando. Só pra não perder o costume, ", respondeu outro usuário da rede.

No Facebook, uma internauta chegou a afirmar que Temer perdeu a oportunidade de ficar calado e não deveria ter se pronunciado sobre a data. "Devia falar dos pais que estão morrendo em cama de hospital, enquanto políticos contam com o Sírio-Libanês, ou os que estão desempregados precisando de dinheiro, enquanto políticos ganham uma fortuna pra dormirem no Senado, ou ainda aqueles que estão com a família inteira na rua enquanto vc e seus amiguinhos aproveitam todas as regalias de uma vida política cheia de crimes. Fique calado que é melhor pra vc", afirmou a usuária da rede social.

Alguns internautas ironizaram o post de Temer, simplesmente dispensando o abraço dado pelo presidente da República. "Quanto ao abraço...

Publicidade

não, obrigado", afirmou uma seguidora. "Obrigado. Infelizmente a felicidade não é completa, porque nossos representantes políticos só pensam neles, e grande maioria desonesto", lamentou outro, ao se referir à descrença da população nos atuais políticos.

Aprovação de Temer é a pior, desde a redemocratização

As críticas ao presidente Michel Temer apenas refletem a opinião da população, já que o atual mandatário do país é detentor de um recorde histórico em pesquisas do instituto Datafolha.

De acordo com um levantamento divulgado no final de julho, pelo jornal Folha de S.Paulo, a aprovação ao governo do peemedebista é de apenas 7%. Esse índice é o mais baixo da história recente do país e só fica à frente da aprovação ao governo de José Sarney, que registrou 5% de aprovação, em 1989, quando o instituto promoveu uma pesquisa para avaliar o governo do então presidente da República, que enfrentava problemas por causa da hiperinflação, na época.

Hoje, no entanto, a inflação está controlada no Brasil e o pior problema enfrentado pela população é a falta de honestidade dos políticos, em meio a crescentes problemas de corrupção e agentes públicos investigados [VIDEO]. #internautas não perdoam