O deputado Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP) [VIDEO], afirmou que não está aguentando mais a política e falou em desilusão e decepção. O deputado está até cogitando encerrar sua carreira política depois de ver que as coisas são bem mais complicadas do que ele pensava.

Nesta quinta-feira (03), ele concedeu uma entrevista ao Broadcast Político, um dia após ocorrer a votação na Câmara dos Deputados sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer, onde ele é acusado de corrupção passiva. A maioria dos deputados votou para a denúncia não ir ao Supremo Tribunal Federal (STF), o que acabou sendo uma vitória para o peemedebista.

Publicidade
Publicidade

#Tiririca, que votou contra Temer, criticou o #Congresso Nacional e disse que não falta para ele o jogo de cintura necessário para ser político. Segundo o humorista, pelos seus 7 anos consecutivos no cargo de deputado, ele chegou a conclusão que nada vai mudar. O sistema já está montado e se mantém ligado aos interesses dos corruptos.

Interesses

O parlamentar é um dos deputados que dificilmente falta em uma sessão. De acordo com Tiririca, os interesses dos políticos falam mais alto em todas as questões e o povo é que sofre com isso. Para ele, existem políticos que querem fazer um bom trabalho, mas os outros, que é maioria, não deixam. No momento em que entra no cargo, o deputado revela que existe uma onda de favores. O humorista afirmou que ficou decepcionado com muita coisa que viu lá.

Publicidade

Chegaram a oferecer para ele um esquema no negócio de aluguel de carro. A situação lá dentro é preocupante e se não for com os pés no chão, acaba entrando em esquemas fraudulentos.

Tiririca, que teve uma votação surpreendente nas últimas eleições, afirmou que está pensando em parar. Foram oito anos e apenas um projeto aprovado, revelou com irritação. É muita burocracia e poucas pessoas estão preocupadas com o bem do povo.

Votações do parlamentar

O deputado votou a favor da cassação da ex-presidente Dilma Rousseff e pela abertura de investigação contra Temer. O seu voto foi contra o desejo do partido, mas ele sabia que essa posição era a melhor a ser tomada.. Para Tiririca, o que Temer fez foi muito feio e ele deveria ter pedido para sair.

Questionado se o Brasil ainda tem jeito, Tiririca foi contundente e respondeu lembrando uma música de Bezerra da Silva, onde diz que Para tirar o Brasil dessa sujeira, só depois que o morcego doar sangue e o saci cruzar as pernas".