Publicidade
Publicidade

Nesta terça-feira (12), o procurador Hebert Mesquita, responsável pela Operação Zelotes, disse que o ex-presidente #Lula cometeu tráfico de influência, mesmo após deixar o Palácio do Planalto.

Ao sair de uma audiência na 10ª Vara da Justiça Federal, em Brasília, o procurador foi enfático: ''Está tudo documentado. Com o perdão da expressão, é batom na cueca''.

A expressão é geralmente atribuída a algo que está na cara, inegável; incontestável.

O procurador aponta as provas

Luís Inácio Lula da Silva responde a mais de 8 acusações do Ministério Público. O ex-presidente já chegou a ser condenado pelo Juiz Federal Sérgio Moro.

Publicidade

Segundo a investigação, existe uma robusta comprovação de provas.

São elas:

  • mensagens;
  • documentos;
  • e-mails.

Eles comprovam que Lula e o filho caçula, o empresário Luíz Cláudio Lula da Silva, se envolveram em negociações com os lobistas do setor privado, como o contrato de compra de caças suecos fabricados pela empresa Saab e a edição da medida provisória 627, de 2013. A negociata proporcionou a prorrogação de incentivos fiscais a montadoras de veículos. As duas medidas foram tomadas na gestão da ex-presidenta Dilma.

Em um dos encontros, explica Mesquita, estes assuntos foram devidamente tratados e definidos. Como remuneração pelo apoio de Lula a empresa de Luís Cláudio recebeu R$ 2,5 milhões do lobista Mauro Marcondes Machado, representante das empresas interessadas nas decisões.O repasse foi revelado em 2015, pelo Jornal O Estado de S. Paulo.

Em um dos e-mails os investigados falaram que ''a MP só seria feita se Lula mandasse''.

Publicidade

O depoimento de Lula para quarta-feira (13)

Lula volta de suas caravanas pelo nordeste para estar frente a frente com Sérgio Moro.

Nesta quarta-feira ele prestará o seu depoimento sobre o caso que envolve o sítio em Atibaia. Conforme publicamos aqui, foi mencionado a possibilidade de Moro decretar a prisão de Lula por motivo inesperado. [VIDEO]

É esperada uma grande cobertura da imprensa.

O ex-presidente mostra-se confiante com relação à sua defesa e chegou a se comparar a Messi e Cristiano Ronaldo. [VIDEO]

Até as 16h20min de hoje, Lula ainda não se manifestou sobre a fala do procurador.

Segundo o site Paraná Portal, o PT pretende reunir cerca de 4 mil pessoas em apoio a Lula. Não há limite de tempo para a audiência.

''Da outra vez nós apreendemos foices e facas'', disse secretário estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita. #Lava Jato #Corrupção