Publicidade
Publicidade

O juiz federal Sérgio Moro teve um encontro com o ex-presidente da República Luiz Inácio #Lula da Silva nesta quarta-feira (13). O magistrado e Lula falaram sobre a Lava-Jato, após o depoimento do ex-braço direito do petista, Antonio Palocci. O Ex-ministro disse que Lula teria manipulado pelo menos R$ 300 milhões para ajudar a empreiteira Odebrecht.

Durante o depoimento, Lula e Sérgio Moro tiveram diversos confrontos. Um chegou a levantar a voz para o outro algumas vezes. O magistrado, que gere a Lava Jato, impediu, por exemplo, que o amigo da ex-presidente Dilma Rousseff chamasse uma procuradora de "querida". O termo é o mesmo que ele utilizou com Dilma, quando os dois falaram sobre o polêmico termo de posse no Ministério da Casa Civil.

Publicidade

Lula diz que é refém da imprensa e Sérgio Moro o rebate

O primeiro depoimento do petista a Sérgio Moro tinha demorado cinco horas. O segundo foi menor e focou muito no que Palocci disse recentemente. O petista e o juiz que dá medo nos políticos corruptos conversaram por cerca de duas horas. Durante essa conversa, o líder do #PT acusou o juiz de não ter parcialidade, o que deixou Moro um pouco "chateado".

Lula ainda acusou o juiz de julgar junto a imprensa e que isso comprometeria o trabalho da Lava-Jato. “Não posso deixar de dizer que esses processos contra mim virassem vocês reféns da imprensa”, disparou Lula em suas considerações finais, como mostra uma matéria sobre o assunto publicada pelo site da Revista Veja.

Moro fica irritado com Lula e diz que continuará imparcial, como sempre

O petista aproveitou o seu trecho final para cutucar o magistrado.

Publicidade

Ele apelou para os netos e questionou se poderia ficar com eles em paz, sabendo que os herdeiros estariam bem. Em seguida, ele questionou até que ponto o juiz seria mesmo imparcial. Foi esse o momento que deixou Sérgio mais irritado.

“Não cabe ao senhor perguntar isso a mim. Mas de todo modo sim”, garante Moro ao falar sobre o assunto.

Veja vídeo de depoimento de Lula na Lava Jato a Sérgio Moro

Enquanto Lula estava conversando com o juiz da federal, o PT exibiu muitos comerciais na televisão falando que o petista ajudou a tirar o Brasil da miséria. Segundo o comercial, gananciosos estavam tirando o emprego dos brasileiros. É a tentativa da legenda em manter a imagem do político viva.

Veja abaixo o vídeo que mostra o ex-presidente durante o depoimento a Sérgio Moro na sede da Polícia Federal em Curitiba, no estado do Paraná.