Publicidade
Publicidade

Francisco Pehn Zavascki, filho do ministro falecido do Supremo Tribunal Federal (STF), #Teori Zavascki, usou as redes sociais para desabafar e questionar sobre a crise política vergonhosa que o Brasil está vivendo. Ele aproveitou para fazer uma revelação confidencial de seu pai que procurou as Forças Armadas para pedir ajuda.

No começo do post, Francisco ressalta que o PMDB sempre esteve no poder junto com o PT aproveitando todas as coisas boas que o Governo pode dar. Mas daí, surgiu a Operação Lava Jato. Um grande terror tomou conta dos líderes partidários e o objetivo deles era "parar" as investigações.

Como o PT estava sendo incompetente aos olhos do PMDB em "brecar" as investigações, os peemedebistas começaram a criticar o PT e alguma coisa deveria ser feita o mais rápido possível para que a Lava Jato [VIDEO] não alcançasse a cúpula do PMDB, segundo Francisco.

Publicidade

O filho de Teori relatou que eles decidiram tomar o poder como uma forma de se protegerem, após verem que a #Corrupção petista estava chegando até eles. Foi assim que os peemedebistas conseguiram derrubar a ex-presidente Dilma Rousseff e colocaram o presidente Michel Temer no cargo.

Aflição

Francisco afirmou que para conseguir o poder, os políticos fazem de tudo e porque não poderiam derrubar um avião com um ministro que possui, em suas mãos, pesadas informações sobre todo o esquema criminoso que envolve partidos de destaques no Brasil. "Do que eles são capazes?", pergunta Francisco.

Conforme a publicação do filho, Teori sabia de muita coisa e teria consciência que cada um estaria se afundando no mar da corrupção.

Em conversas com o pai, ele afirmou que Teori estava muito aflito com o ano de 2017.

Publicidade

Em uma revelação confidencial, o filho disse que o ministro teria entrado em contato com as Forças Armadas e pedido que sustentem e ajudem o STF até o fim.

Velório

Francisco comentou que o velório de seu pai foi marcado pela presença de pessoas cínicas, na visão dele. Políticos envolvidos em graves crimes de corrupção estavam ali abraçando os familiares. Eram tantos parlamentares que aquele dia acabou sendo chamado de o "cortejo dos delatados".

Francisco pede desculpas pelo seu desabafo, mas admite que na sua concepção, o seu pai foi morto. Fizeram alguma coisa para que o avião caísse.

Após a morte de Teori, as investigações continuaram e o que tem se mostrado é que os corruptos lutam com unhas e dentes contra a maior operação de combate à corrupção do Brasil, ou talvez do mundo, que está sob os cuidados do renomado juiz federal, Sérgio Moro [VIDEO]. #PMD