Publicidade
Publicidade

O presidente da República #Michel Temer assumiu o governo depois do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, pois o peemedebista era vice-presidente da chapa presidencial Dilma-Temer, e o mesmo vem sendo cotado como o presidente com maior rejeição da história de todo o Brasil.

Temer é rejeitado por ter sido vice-presidente de Dilma e por ter assumido o governo após o impedimento da petista, portanto os apoiadores e os contrários à Dilma não gostam do atual presidente do país, e nesta quarta-feira o peemedebista passou mal e teve que ser levado ao hospital.

Temer diagnosticado

Após sentir um grande desconforto, o presidente Michel Temer foi levado às pressas ao Hospital do Exército para passar por alguns exames.

Publicidade

Após ser examinado, o integrante do PMDB foi diagnosticado com uma doença muito perigosa, caso não seja tratada, trata-se de uma obstrução urológica e agora deve passar por um tratamento com fortes medicamentos e uma dieta rigorosa.

Acordo de Temer e Aécio

Michel Temer foi muito comentado na última semana por fazer um "acordão" com o senador Aécio Neves, pois o presidente do PSDB estava afastado do Senado Federal [VIDEO], impedido de sair de casa à noite e também com seu passaporte preso pela Justiça após uma ordem da procuradoria-geral da República.

Com uma voz e autoridade muito grande dentro do PMDB, o presidente da República Michel Temer fez um jantar na casa de Aécio Neves para que destinasse os votos dos senadores do PMDB para a absolvição de Aécio Neves, fazendo com que o mesmo voltasse a exercer sua profissão, tendo de volta a liberdade de sair de casa à noite e também seu passaporte de volta.

Publicidade

Após uma votação no Senado Federal, com o grande acordo, o presidente do PSDB conseguiu derrubar as ordens da procuradoria-geral da República.

Mas o que Temer quer de volta?

Michel Temer não concedeu os votos do PMDB "de graça" ao senador Aécio Neves, pois o mesmo irá precisar da força do PSDB para se livrar de uma denúncia. Posteriormente irá tramitar uma denúncia no Congresso Nacional e Michel Temer precisa ganhar para que a denúncia não seja aceita e o mesmo continue na presidência da República.

PSDB e PMDB juntos unem as maiores forças do Congresso Nacional, sendo o PMDB o partido com o maior número de deputados e senadores federais e o PSDB o segundo com maior influência.

Os dois partidos fizeram uma grande parceria para livrarem os principais nomes para não "sujar" as legendas nas eleições gerais de 2018 [VIDEO]. #doente