Publicidade
Publicidade

O grande mistério que ronda as eleições presidenciais de 2018 é se Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai ou não concorrer ao cargo que exerceu durante dois mandatos, entre 2003 e 2010.

Caso Lula não seja o candidato do PT nas eleições do ano que vem, o deputado federal Jair #bolsonaro (PSC) se destaca e tem grande chances de ser o líder da corrida pelo Planalto.

Cenário sem Lula

O site DataPoder360 [VIDEO] realizou mais uma pesquisa de olho nas eleições de 2018. O levantamento foi realizado entre os dias 26 e 29 de outubro e ouviu pessoas em todo o Brasil. A margem de erro é de 2,9 pontos para mais ou para menos.

No terceiro e quarto cenários, em que Lula é deixado de fora e substituído pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, Bolsonaro lidera com folga e chega a alcançar até 24% da intenção de votos.

No terceiro cenário, a grande surpresa é o segundo colocado.

Publicidade

Ciro Gomes (PDT) aparece com 14%. É a primeira pesquisa em que o ex-governador do Ceará e ex-ministro aparece na segunda colocação. Certamente, votos que seriam dados a Lula migraram para o outro candidato da esquerda.

Geraldo Alckmin (PSDB) é o terceiro colocado, com 10%. Marina Silva (Rede), que chegou a liderar cenários sem Lula em outras pesquisas, é apenas a quarta colocada, com 9%. Haddad tem apenas 4%.

No quarto cenário, Bolsonaro lidera com 24%. São 11 pontos de vantagem sobre Marina Silva. Ciro Gomes tem 11%. João Dória, candidato do PSDB neste cenário, tem 8%.

Este é um outro fator interessante: Alckmin tem alcançado mais intenção de votos do que Doria. Isso mostra que a áurea de grande gestor do prefeito de São Paulo ficou para trás nestes primeiros meses de mandato.

Haddad, derrotado por Doria nas eleições de 2016, tem uma melhora em relação ao cenário anterior e salta de 4% para 7%.

Publicidade

Com Lula na disputa

Os dois primeiros cenários apresentam Lula como candidato do PT e o ex-presidente ocupa a primeira posição em ambos os levantamentos. O problema, talvez, seja a distância para Bolsonaro que diminuiu.

No primeiro cenário, Lula tem 28%, contra 25% de Bolsonaro. Pela margem de erro, há empate entre ambos. Em junho, Lula tinha 27%, enquanto Bolsonaro aparecia com apenas 14%. Em agosto, o esquerdista tinha 32% e o direitista aparecia com 25%.

Lula inelegível

Réu em cinco processos – três deles da Operação Lava Jato – o ex-presidente pode ser impedido de concorrer se for condenado em segunda instância em alguns deles. No caso do tríplex do Guarujá, Lula foi condenado há nove anos e seis meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. #Eleições 2018 #Jair Bolsonaro