Publicidade
Publicidade

Desde que a ex-presidente Dilma Rousseff [VIDEO] foi obrigada a abandonar o Poder, dando espaço para seu vice, e agora atual presidente #Michel Temer, o Sistema Brasileiro de Televisão (#SBT) se mostrou ao lado do governo. Em meio a duras críticas, por conta de propostas como a Reforma Trabalhista e a Reforma da Previdência, o governo de Michel Temer se consolidou no SBT, que demonstrou claro apoio as ideias do peemedebista.

A emissora de #Silvio Santos concedeu grande espaço para Temer firmar suas propostas, é possível observar que o presidente teve duas entrevistas com o jornalista Kennedy Alencar, podendo falar sobre as propostas do governo em dois momentos do jornalismo do SBT.

Publicidade

Além do mais, o apresentador Ratinho também entrevistou Michel Temer, o objetivo foi mostrar ao público do apresentador pontos polêmicos das reformas, esclarecendo dúvidas e consequências importantes.

O SBT também possibilitou que Temer mostrasse o trabalho do governo [VIDEO]através de propagandas no canal. Na publicidade, foi nítido que o canal de Silvio dá total apoio as medidas estabelecidas pelo governo, impulsionando a ideia e os critérios da reforma trabalhista e previdenciária.

Reunião da cúpula do governo com dirigentes

Segundo informações do jornalista Nonato Veigas, que é colunista da revista "Época", nesta última quinta-feira, 9 de novembro, uma reunião com o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, e com os dirigentes do SBT, o presidente José Roberto Maciel e o vice-institucional Roberto Franco, foi realizada, comprovando mais ainda o vínculo da emissora com o governo.

Publicidade

O deputado federal Fábio Faria, marido da filha de Silvio Santos, a apresentadora Patrícia Abravanel, compareceu na reunião. Faria estaria fazendo o papel de mediador, fortalecendo o elo entre o governo e a emissora de Silvio. O dono do Grupo, Silvio Santos, não quis comparecer a reunião com Temer. Segundo assessoria, Silvio não gosta de reuniões institucionais e também estaria gravando seu programa as quintas-feiras.

No mês de abril deste ano, o SBT começou a vincular uma propaganda enfatizando as propostas da reforma previdenciária de Temer, o objetivo era mostrar para o espectadores o que iria mudar com as novas regras e como afetaria a população. Os anúncios foram exibidos em tempos curtos, de até 10 segundos cada. Na época, Michel Temer chegou a pedir para Silvio Santos tentar mostrar para as pessoas o quão é necessária a mudança na lei previdenciária, dando credibilidade para a proposta do governo, até então, muito criticada.