Publicidade
Publicidade

Os eleitores de #Jair Bolsonaro (PSC-RJ) estão em festa. O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República aparece bem à frente de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em nova pesquisa divulgada pelo Instituto Vertude [VIDEO], no último sábado (25). O levantamento foi realizado pelo telefone e ouviu 6370 em todo o Brasil.

Bolsonaro na liderança

Pela primeira vez desde que as pesquisas para as eleições presidenciais de 2018 começaram a ser realizadas, Jair Bolsonaro aparece na primeira posição em um cenário em que Lula é um dos concorrentes.

De acordo com o levantamento organizado pelo Instituto Vertude, Bolsonaro tem 34,05% dos votos [VIDEO].

Publicidade

Lula aparece na segunda posição, com 27,40%. O resultado demonstra a força de Bolsonaro em todo o Brasil. O mesmo levantamento mostrou que ele lidera em 20 estados.

A pesquisa continua com Luciano Huck na terceira posição, com 10,72%. O prefeito da cidade de São Paulo, João Doria (PSDB), é o quarto colocado, com 7,31% da intenção de votos.

Procura-se um partido

Jair Bolsonaro é filiado ao Partido Social Cristão (PSC) e não pode mudar de legenda no momento porque isso se constituiria em infidelidade partidária. Mas no ano que vem, o deputado federal vai mudar.

O destino provável é o Partido Ecológico Nacional (PEN), que deve mudar de nome para Patriotas. Bolsonaro não quer continuar no PSC porque o partido fez alianças encaradas como espúrias pelo deputado.

Nas eleições municipais, o PSC se uniu ao Partido Comunista do Brasil (PC do B) em algumas cidades e isso revoltou Bolsonaro e seus aliados.

Publicidade

O medo do parlamentar também é continuar na legenda e não ser escolhido como candidato em 2018.

Vice-presidente

Bolsonaro ainda não definiu quem será o vice-presidente em sua chapa. Essa decisão depende também do partido ao qual ele será filiado e quais as alianças que esse partido vai fazer.

Eleitores do deputado federal têm clara preferência por dois nomes: o dos senadores Magno Malta (PR-ES) e Ronaldo Caiado (DEM-GO). É bem difícil que Caiado saia do Democratas para se aliar a Bolsonaro.

A presença de Magno Malta, que recentemente atacou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para defender Bolsonaro, é mais provável, mas ainda não está confirmada.

O prazo final para que os partidos políticos e coligações registrem seus candidatos será dia 15 de agosto. Até lá, muita coisa vai acontecer. A propaganda eleitoral autorizada começa a valer a partir do dia 16 de agosto. #Eleições 2018 #pesquisa presidencial