Publicidade
Publicidade

A situação entre os tucanos [VIDEO] que querem a permanência do #PSDB no governo e os apoiadores ao desembarque está cada vez mais insustentável. A expectativa é que o partido decida sobre a situação durante a convenção nacional que será realizada no dia 9 de dezembro. Porém, alguns governistas tentar tornar esse assunto superado. Como é o caso do ministro das Relações Exteriores [VIDEO], Aloysio Nunes.

Segundo o senador tucano que ocupa o título de chanceler, o desembarque do PSDB do governo é assunto "superado". Nunes acredita que essa discussão não pode ser temática central durante a convenção nacional do partido. O ministro afirmou que esse assunto é um debate entre "facções", e que o tema principal deveria ser a plataforma do PSDB para as eleições do próximo ano.

Publicidade

Em conversa com o UOL, Aloysio ainda foi mais enfático ao se posicionar contra o desembarque do governo. O ministro questionou o que o PSDB faria caso fosse para a oposição: "vamos fazer aliança com o PT e o PSOL?".

Nomes fortes do PSDB, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o mais provável candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin, e o até poucos dias presidente interino do partido, senador Tasso Jereissati, são favoráveis ao desembarque do PSDB do governo de Michel Temer. #Dentro da política