Publicidade
Publicidade

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (#FHC-PSDB) comentou, nesta quinta-feira (16), em um evento na Universidade Brown, em Washington, que o Brasil poderá ser vítima de um episódio parecidíssimo com o que aconteceu na Itália. Após a Operação Mãos Limpas, que deflagrou um grande esquema de corrupção e foi uma inspiração para a Lava Jato no Brasil, o povo elegeu Silvio Berlusconi. Segundo FHC, o Brasil segue pelos mesmos caminhos e pode eleger um presidente de direita como na Itália e isso poderia se tornar um perigo para o país.

Sem citar nomes, o ex-presidente estava deixando claro que as suas menções eram para o deputado federal Jair Bolsonaro.

Publicidade

Para FHC, Bolsonaro é uma grande ameaça às próximas eleições.

Sem querer entrar em detalhes, Fernando Henrique comentou que há pessoas ligadas à direita que são um verdadeiro perigo [VIDEO] para o Brasil. Ele lembrou uma frase dita por Bolsonaro [VIDEO]. Em 1999, o deputado federal havia comentado, na TV Bandeirantes, que o Brasil estava tão complicado que a única maneira de mudar a situação era partir para uma guerra civil. O deputado falava que era necessário fazer um trabalho que o regime militar não fez. "Matando 30 mil, e começando por FHC", disse ele, na ocasião.

O ex-presidente afirmou no evento que, na época, ignorou a fala dele, mas hoje revela ter medo, porque, com o poder nas mãos, ele poderá ser mais cruel do que apenas em palavras.

Emoção

O ex-presidente afirmou que toda essa crise política que envolveu o Brasil acabou levando as pessoas a buscarem alguém que passe mensagens que mexam com suas aspirações.

Publicidade

Segundo FHC, isso é arriscado e perigoso. Ele declarou que a política não deve ser vista apenas com a emoção, mas com a razão, principalmente.

FHC deixou algumas perguntas no ar. Será que essa pessoa estaria comprometida com os direitos humanos, com as leis e a com a Constituição?

Bem nas pesquisas

Um dos possíveis candidatos vitoriosos nas próximas eleições no país é Bolsonaro. Ele vem se destacando e suas críticas a Lula têm feito com que seja observado por vários brasileiros. Apenas para ressaltar, Lula é rejeitado por uma grande parte dos eleitores, já que foi envolvido em vários esquemas de corrupção.

A Lava Jato desvendou muitos crimes cometidos pelo petista e que estavam escondidos, e isso tem ajudado o deputado federal Bolsonaro a se sobressair.

Lula se mantém em primeiro lugar nas pesquisas e Bolsonaro segue em segundo, mas o que se tem visto, nos últimos meses, é a ascensão do deputado frente ao petista. #Eleições 2018 #Bolsonaro 2018