Publicidade
Publicidade

O procurador da República, Helio Telho, usou o seu Twitter para fazer um grande alerta à população brasileira [VIDEO]. "Vem rasteira no povo ai", ressalta. De acordo com o procurador, políticos envolvidos em esquemas criminosos pretendem aprovar o fim do foro privilegiado, mas, antes, querem acabar com as operações, dessa forma, eles não teriam o foro especial, mas estariam livres de punições.

Uma reportagem do jornal Estadão, mostrou que existe uma articulação criminosa na Câmara dos Deputados. O objetivo dos líderes partidários é aprovar o fim do foro privilegiado, porém, junto com essa medida, deve se aprovar também o projeto que trata de abuso de autoridade.

Publicidade

Conforme explicações de Helio Telho, o esquema corrupto [VIDEO] funcionaria da seguinte forma: com a restrição do foro especial, os crimes dos parlamentares seriam julgados pela primeira instância, porém, o juiz estaria proibido de expedir mandatos de busca e apreensão, determinar prisões, bloquear bens e receber denúncias.

Impunidade

Eles passariam a imagem para o povo de que atenderam o anseio popular restringindo o foro, mas por baixo dos panos, estariam criando um sistema para favorecer a impunidade. O procurador pediu atenção do povo e que fiquem atentos com essa barbaridade que está para acontecer: "Você será enganado".

Segundo o procurador, os nossos políticos são inteligentes nesse quesito de "passar a perna" na sociedade. Eles mudam, mudam e acabam deixando tudo como está. Um dos casos recentes e que prova isso é o sistema que eles decidiram para financiar os partidos nas eleições.

Publicidade

O povo ficou refém de Leis interesseiras criadas pela Câmara.

No final de sua postagem, Helio deixa no ar uma pergunta: "Você acha mesmo que vão acabar com o foro para se entregarem ao Moro?" Eles só permitiriam tal fato, se o juiz não pudesse fazer nada contra eles.

É a mesma coisa de deixarem Sérgio Moro trabalhar, mas amarrarem suas mãos. Moro não teria como punir os corruptos e o povo ficaria mais uma vez alvo dessas irregularidades.

Lava Jato

Os procuradores da #Lava Jato querem que o povo continue a pressionar os políticos. A operação mais famosa contra a #Corrupção é alvo de várias ameaças. Querem a qualquer custo destruír as investigações.

O coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, chegou a dizer em uma entrevista que a chance do povo dar a resposta será nas urnas, mudando a cara do Brasil e renovando o Congresso Nacional.