Publicidade
Publicidade

#Luiz Inácio Lula da Silva foi presidente do Brasil por dois mandatos consecutivos e conseguiu fazer o que nenhum outro presidente havia feito: “transferir” os votos e eleger um sucessor de sua escolha. Na ocasião, Lula indicou Dilma Rousseff e, dessa forma, os eleitores confiaram em seu apontamento e votaram nela. Sendo assim, Dilma se tornou a primeira mulher a ser presidente do Brasil. Dilma foi eleita e reeleita, porém, em 2016, sofreu um impeachment e quem assumiu o seu posto foi Michel Temer.

Diante de tudo isso, Lula acredita que mantém seu prestígio em relação aos eleitores. Segundo as pesquisas, parece que o ex-presidente não está enganado, visto que ele mantém a liderança na corrida presidencial.

Publicidade

Nesta última quinta-feira, Luiz comentou a respeito de uma possível candidatura do apresentador global Luciano Huck [VIDEO]. Foi durante uma entrevista que Lula concedeu à rádio 730 AM, de Goiás, que ele fez a declaração que muitos consideraram polêmica. O ex-presidente foi questionado a respeito de uma possível candidatura a presidente de Jair Bolsonaro e também de Luciano.

Lula é conhecido por falar o que realmente pensa. Ao radialista ele respondeu que tudo o que ele mais deseja em sua vida é a oportunidade de poder disputar a corrida presidencial com uma pessoa que traz consigo um logotipo da maior emissora do país, a Rede Globo [VIDEO]. O ex-presidente petista também afirmou que ele tem sido vítima de um grande esquema de perseguição #Política por parte da Globo.

Ainda em resposta ao radialista, Lula questionou a respeito do que tais candidatos poderiam propor ao país.

Publicidade

Vale lembrar que embora #Luciano Huck esteja sendo citado como possível candidato à presidência, o apresentador não é filiado a nenhum partido político. No entanto, os partidos DEM e o PPS já teriam oferecido para Huck a oportunidade de se candidatar à corrida presidencial.

Em relação à atuação dos possíveis candidatos, a aprovação de Luciano supera a do petista

De acordo com uma pesquisa divulgada nesta última quinta-feira (23) pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, 60% dos eleitores aprovam a atuação de Luciano no país, por contrapartida, a aprovação de Lula é de 43%. Quem fez a pesquisa foi o instituto Ipsos.

Porém, quando a pesquisa foi feita para descobrir qual seria a intenção de votos dos entrevistados, o jogo virou. Neste levantamento, Lula aparece em primeiro lugar com 35% das intenções de votos enquanto Luciano, que não é filiado a nenhum partido surge com 5% das intenções.