Publicidade
Publicidade

Em evento ocorrido em São Paulo, nesta última terça-feira (5), o juiz federal Sérgio Moro e a atriz #Juliana Paes receberam a premiação de "Brasileiros do Ano" pela revista IstoÉ. A cerimônia for marcada por vários momentos de constrangimento entre os políticos. Estavam presentes vários investigados de #Corrupção, como o presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o ministro Moreira Franco e Paulo Skaf. Todos se sentiam mal de estar no mesmo palco que o juiz responsável pela Operação Lava Jato. Para algum deles, era vergonha estar ali. Temer, por exemplo, evitou aplaudir o juiz quando este recebia a premiação [VIDEO].

Um outro momento marcante do evento foi quando a atriz da Globo, Juliana Paes, recebeu a premiação.

Publicidade

Juliana interpretou uma criminosa na novela "A Força do Querer".

Ao dar um discurso de agradecimento, ela falou que, atualmente, no Brasil, é muito difícil fazer papel de bandida e ressaltou o estado do Rio de Janeiro como muito perigoso.

Indireta

Juliana parece ter dado uma indireta para todos os políticos brasileiros. Ela supostamente usou dois sentidos. Primeiro, mostrou que a violência do Rio é tão grande que interpretar o seu personagem não foi fácil, pois ela corria risco de vida. Ela gravava dentro da favela e por várias vezes a polícia chegou a interromper as gravações da novela.

Ao falar do Rio de Janeiro, a atriz pode ter refrescado a mente de pessoas de que o ex-governador Sérgio Cabral roubou tanto dos cofres públicos, prejudicou salários de servidores, destruiu a saúde e causou uma grande insegurança no estado.

Publicidade

Olhando tudo isso, é possível ver a importância da Lava Jato para punir esses corruptos que devastaram o dinheiro público.

Por um outro lado do discurso da atriz, vemos uma indireta para todos os investigados pelo juiz Moro. Sabendo que muitos estariam lá presente na cerimônia, ela acabou sendo um lado positivo para Moro. Ao dizer que é difícil ser bandida no Brasil de hoje, é porque os trabalhos da Lava Jato tem sido eficientes e conseguido punir e evitar mais crimes de corrupção.

Gesto de Moro

Após a sua fala, ao voltar para o lugar onde estava, Juliana Paes foi surpreendida pelo juiz, que se levantou para beijá-la, sendo o único do grupo todo a fazer isso.

A humildade de Moro foi capaz de transformar a noite daqueles investigados em uma noite sem vida e sem harmonia [VIDEO]. A lição do juiz é que a luta contra a corrupção é válida e o Brasil melhorou nos últimos tempos. A perseguição aos criminosos vai continuar. #Sergio Moro