Publicidade
Publicidade

A ex-atriz da Globo Tássia Camargo sempre foi uma petista fanática e uma admiradora do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva. Ela compra briga para defender o PT e não aceita ser rebatida. A atriz também não respeita muito a opinião das outras pessoas, pois chegou a ofender outros artistas que não concordavam com o pensamento dela.

Tássia gravou um vídeo e acabou falando coisas sem sentido. Foi uma pequena demonstração de loucura de quem não sabe muito bem sobre as regras políticas que existem no Brasil.

De acordo com o site "Diário do Brasil", a atriz está em Portugal atrás de um computador e incentivando os militantes petistas a invadirem o Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF-4), onde Lula será julgado no dia 24 de janeiro.

Publicidade

No ano passado, o juiz federal Sérgio #Moro proferiu uma sentença condenando o petista a nove anos e meio de prisão. Dia 24, três desembargadores irão julgar os recursos de Lula e definir se mantém a condenação do petista ou se o absolve ele (decisão quase que impossível).

Confusão

No vídeo publicado pela atriz, ela acabou misturando tudo e parece não compreender o que é uma primeira instância e o que é uma segunda instância. De acordo com suas palavras, ‘’o TRF-4 não está de brincadeira’’. A atriz comentou que possui uma fonte segura que repassou para ela a informação de que Moro já decidiu que o ex-presidente Lula [VIDEO]será condenado e preso.

Porém, ela está equivocadamente errada. Moro já fez a sua parte, ele proferiu a condenação e ele não tem como influenciar a decisão dos três desembargadores que julgarão Lula.

Publicidade

Resumindo: Sérgio Moro [VIDEO] não tem nada a ver com o TRF-4.

Tássia sugeriu que o tribunal fosse invadido e as ruas tomadas por todos os defensores de Lula. Outra questão totalmente descabida, já que as insinuações de violência destacadas por ela podem acabar levando-a à prisão. Conforme o artigo 286 do Código Penal, incitar publicamente um ato de violência é passível de pena de detenção de três a seis meses ou pagamento de multa.

Tensão

O julgamento de Lula está cercado de vários momentos de tensão. A polícia já está se precavendo de possíveis desordens e insegurança pública. As Forças Armadas estariam de prontidão para conter um possível caos no país.

A prisão de Lula pode atiçar o ódio de petistas e eles quererem fazer baderna nas ruas. Porém, nada será tolerado. A decisão dos desembargadores pode destruir os anseios de Lula para as próximas eleições, caso ele fique inelegível. #atrizes