Uma decisão da Câmara dos Vereadores de Porto Alegre na última segunda-feira (15) deixou a população local surpreendida. Foi aprovado o projeto de lei de autoria de Sofia Cavedon, do PT, que prevê a proibição de saleiros em restaurantes e bares da capital gaúcha. Na internet, a reprovação com relação à decisão foi grande, e muitos se perguntaram se não haveria pautas mais relevantes para serem votadas na Câmara.

No Twitter, grande parte dos internautas ficou na bronca com a decisão. Segundo Sofia, autora do projeto, a pauta tem um cunho específico voltado à saúde pública, com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos que o alto consumo de sal pode causar.

Publicidade
Publicidade

Países como Argentina e Uruguai também já adotaram a prática. Mesmo assim, os twitteiros de plantão não perderam a chance de criticar.

Segundo o usuário Marinho Saldanha, o poder público de Porto Alegre demonstrou que não tem muito o que fazer. "A prefeitura de Poa fazendo lei sobre sal nos bares... De fato, não há nada o que fazer por lá".

Jessica Cescon, por outro lado, usou uma ironia para fazer uma critica direciona à segurança pública da cidade: "Sal assalta, em média, uma pessoa a cada 57 minutos em Porto Alegre".

Ramiro Rosário se perguntou: "Como a Câmara aprova mais uma intervenção na liberdade de escolha das pessoas? Sal é ilegal?".

#Comportamento #Alimentação Saudável