Numa manhã, ele está reforçando a pintura de uma faixa de pedestres. À tarde, está pintando placas com nomes das ruas (ainda coisa rara na Vila Safira, onde mora). No dia seguinte, se divide entre ajudar a professora de ballet e organizar a biblioteca, num espaço comunitário que montou nos fundos de sua própria casa (e que conta ainda com computadores para aulas de informática). E, quando sobra tempo, podemos encontrá-lo pintando algum apartamento na cidade. Não é uma ONG, não é uma OSCIP, não é uma ação do Governo. É uma pessoa comum, querendo mudar a realidade da comunidade onde mora. É um cidadão pensando globalmente e agindo localmente.

Este é Cláudio Roberto Pagno da Costa, pintor de profissão, líder comunitário e criador do Projeto Vó Chica e da Rede Boas Atitudes.Conheça um pouco mais sobre Cláudio e seus projetos na entrevista abaixo: 

O QUE É A REDE BOAS ATITUDES? 

A Rede Boas Atitudes foi criada para ser a porta de entrada das doações que chegam até nós e para ser a transparência quando fazemos a "ponte" até as pessoas beneficiadas.

Publicidade
Publicidade

Nós não temos dinheiro, não trabalhamos com dinheiro e não pedimos dinheiro. SOMOS DA REDE SOCIAL! SOMOS UMA ATITUDE!

QUANDO COMEÇOU ESTE TRABALHO PARA MUDAR A COMUNIDADE EM QUE VOCÊ VIVE? O Meu trabalho como empreendedor social (empreendo minha inteligência, força e energia) para elevar a autoestima de minha comunidade, transformando atitudes em notícias positivas na mídia e entre os amigos, começou depois que vim morar na Vila Safira. Muitos de meus amigos (inclusive meus irmãos) foram embora da nossa comunidade quando muito jovens porque aqui não tinha coleta de lixo, luz na rua, esgoto, posto de saúde, farmácia, praça... Depois de sair de Porto Alegre e morar na periferia de outras cidades brasileiras (São Luís do Maranhão, Brasília, Belo Horizonte), descobri que estas periferias tinham os mesmos problemas e questões da Vila Safira.

Publicidade

Assim, ao voltar, decidi que ia mudar. Decidi virar o jogo em busca de melhorias.

NESTE CONTEXTO, QUEM FOI A VÓ CHICA? Maria Francisca Gomes Garcia, a Vó Chica como era conhecida, viveu 107 anos, chegando em nossa comunidade nos anos 40. Foi parteira, benzedeira e conselheira da comunidade. Indicava chás, fazia benzeduras e também o acompanhamento do pré-natal das gestantes. Conheci a Vó Chica aos 13 anos, quando vim morar na Vila Safira. Eu fui uma das crianças que sentou aos pés de sua cama para ouvir suas historias. Foi uma grande líder. Há 15 anos resgatamos esta linda historia de bondade. Hoje, uma praça tem seu nome em homenagem, está num livro infantil ilustrado e sua história está num livro didático. Além disso, o Projeto Vó Chica (que está completando 10 anos) possui um boneco no estilo dos bonecos de Olinda que representa a Vó Chica. Por onde passa, este boneco faz sucesso entre crianças e adultos.

QUAIS AS AÇÕES QUE A REDE BOAS ATITUDES FAZ EM PROL DA COMUNIDADE DA VILA SAFIRA? As ações da Rede são campanhas de arrecadação de material escolar nas redes sociais, onde em 5 anos vamos alcançar a marca de 4 mil kits escolares arrecadados e distribuídos.

Publicidade

Também organizamos campanhas de livros infantis usados, que são entregues para as crianças da comunidade. Em outras ações, arrecadamos alimentos, brinquedos usados, roupas e agasalhos. Recebemos também fraldas, cadeiras de rodas e cobertores que são entregues aos que necessitam.

COMO AS PESSOAS PODEM AJUDAR A REDE BOAS ATITUDES? As pessoas podem ajudar entrando em contato conosco através do Facebook (fanpage da Rede Boas Atitudes, fanpage do Projeto Vó Chica e de meu perfil pessoal (Cláudio Roberto Vó Chica).

Assista ao vídeo

  #Sustentabilidade