Rosane Vontobel Rodrigues, de 57 anos de idade, morreu na manhã desta terça-feira, dia 26 de julho, em um #Acidente ocorrido na rodovia BR-285, na altura do município de Panambi, no Rio Grande do Sul. A professora era pró-reitora de ensino e fundadora da URI Santiago. Rosane estava em um veículo Fusion da Ford juntamente com um motorista e mais duas professoras que sofreram apenas alguns ferimentos causados pelo acidente. Os nomes dos demais ocupados do carro não foram divulgados. 

Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista teria perdido o controle do carro durante a chuva, batendo a lateral contra uma árvore. Como Rosane estava exatamente no banco do carona, morreu imediatamente após a batida. 

Natural da cidade de Giruá e mestre em Letras, a professora seguia em direção à unidade de Santiago da URI, instituição que ajudou a fundar em 1992. O reitor da universidade, Luiz Mario Spinelli, adiou o início das aulas para quinta-feira e decretou luto oficial. 

Tanto o velório como o sepultamento de Rosane serão realizados em Santiago.

Publicidade
Publicidade

Assim que o Instituto Médio Legal liberar o corpo, o mesmo será velado em um salão da URI naquele município. 

Stéphanie Freitas ganha liberdade

Após ficar presa por cerca de sete meses, Stéphanie F. Freitas, de 24 anos de idade, ganhou nesta semana a liberdade provisória concedida pela justiça gaúcha. A jovem responde pelo assassinato de Helenara Pinzon, em 5 de dezembro de 2015. A vítima foi morta a facadas na cidade de Santa Maria. 

A decisão do juiz Ulysses F. Louzada foi baseada em um pedido acolhido pelo Ministério Público. O magistrado alegou que a soltura de Stéphanie não traz prejuízos ao processo e/ou à ordem pública, além de permitir que a acusada reflita sobre o ocorrido. 

De acordo como advogado da ré, a mesma mostrou-se surpresa com a decisão e contente pela oportunidade de retomar a vida.

Publicidade

Ela foi indiciada por homicídio triplamente qualificado. Stéphanie e Helenara moravam juntas em um apartamento localizado na Rua General Neto, local que serviu de palco para o #Crime.

#Morte