Agora foi confirmado, os fiambres fatiados [VIDEO] da marca #Zaffari estão contaminados com a bactéria Listeria monocytogenes. Em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (1º), às 10 horas, o secretário estadual de saúde, João Gabbardo dos Reis, e o secretário municipal de saúde de Porto Alegre, Erno Harzheim, anunciaram que os produtos analisados do Hipermercado Borbon Assis Brasil estão realmente contaminados.

Os produtos fatiados e embalados nos centros de fatiamento do Grupo Zaffari já haviam sido retirados dos hipermercados da Avenida Ipiranga e da Avenida Assis Brasil, e as duas unidades de fatiamento haviam sido interditadas pela própria empresa na quinta-feira (31), por suspeita da #contaminação.

Publicidade
Publicidade

Com o resultado do laudo de análise em mãos fica confirmada a contaminação pela bactéria, que pode causar diversos problemas de saúde. Entre eles estão a meningite e o aborto espontâneo em mulheres grávidas.

Para a total segurança dos consumidores [VIDEO], a secretaria municipal da Saúde alerta para que as pessoas não utilizem os produtos fatiados, que tenham sido adquiridos em qualquer unidade dos Grupos Zaffari. A secretaria informa que os clientes podem trocar ou pedir o ressarcimento, mesmo que não possuam a nota fiscal do produto em questão.

O empresa Zaffari já havia informado, em nota à imprensa, que no dia 17 de agosto foram recolhidas amostras dos produtos fatiados do Hipermercado Bourbon nas avenidas Ipiranga e Assis Brasil; e que os indícios eram de possível contaminação pela bactéria Listeria monocytogenes.

Publicidade

A empresa afirmou que já estava tomando providências e intensificando a higienização do local, e estava aguardando os resultados da análise.

O secretário de saúde, Erno Harzhein, afirmou que não há nenhum caso de doença confirmada pela bactéria e que as atitudes foram tomadas por precaução. Além disso, ficou confirmado que o problema de contaminação ocorreu dentro das unidades de fatiamento, durante o manuseio do produto e o fatiamento, e não na fábrica.

É importante salientar que, se algum cliente Zaffari que consumiu os produtos tiver algum sintoma parecido com os da gripe, como dor no corpo, enjoo e febre, acrescidos de diarreia deve procurar as unidades de atendimento de saúde mais próximas de suas residências e serem avaliados pelo médico. Ainda de acordo com o órgão, o consumo dos produtos vendidos nestas unidades podem fazer mal à saúde, principalmente para as crianças, mulheres grávidas, idosos e imunodeficientes. #fiambre