A criminalidade e violência marcaram os boletins policiais dessa sexta-feira, dia 13, no #Sertão do Pajeú. Abaixo você confere as principais #Ocorrências registradas pela Polícia Militar de Pernambuco:

Serra Talhada

No município, o 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM) registrou uma ocorrência de ‘ameaça e agressão’, na qual uma vítima de 36 anos foi ameaçada de morte. Diante dos fatos relatados, os envolvidos foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Serra Talhada para serem adotadas as medidas cabíveis.

Ingazeira

A Guarda de Trânsito foi acionada por uma vítima, informando que um homem de 39 anos, estaria embriagado e quebrando os pertencentes das pessoas na localidade.

Publicidade
Publicidade

O acusado é irmão das vítimas e ameaçava atear fogo na casa se não recebesse parte de uma herança familiar. Segundo a polícia, após a confusão os envolvidos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil (DPC) para prestarem esclarecimentos. O caso foi registrado como ‘violência, dano e ameaça’ pela polícia.

Flores

Durante rondas policiais na cidade, os militares do 14º BPM avistaram um jovem de 18 anos, conduzindo uma motocicleta modelo Honda Pop 100 em alta velocidade pela via, sem capacete e perturbando moradores com o barulho do veículo. Em seguida, a polícia notificou o jovem das irregularidades e o encaminhou a Delegacia de Polícia Civil. O caso foi registrado como ‘perturbação de sossego’ pela polícia.

São José do Belmonte

A Polícia Militar registrou uma tentativa de homicídio em Cacimba Nova, na cidade de Belmonte.

Publicidade

Segundo populares, dois homens em uma motocicleta se aproximaram de uma residência buscando informações sobre um homem de nome vulgo ‘Galego dos Portões’ – em seguida, o homem foi identificado e alvejado com disparos de arma de fogo que o atingiram de raspão no tórax. A vítima registrou um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia de Polícia Civil e moradores apresentaram um projétil de uma arma calibre 38 utilizada no crime. A vítima ainda foi atendida por um médico e liberada logo em seguida. O caso será investigado pela Polícia Civil. #Casos de polícia