Recém brindamos a mudança de ano e começamos a pensar no carnaval. Não tem jeito, esta cultura enraizada do brasileiro em que futebol e carnaval são sempre destaque, em algumas regiões do País é ainda mais aparente, pois as pessoas se organizam o ano inteiro em prol de 6 dias de prazer (oficialmente, o carnaval teria 3 dias).

No Rio de Janeiro e na Bahia, ao término de um carnaval o folião já começa a pensar no próximo. Os participantes de escolas de samba, assim como de blocos carnavalescos, já começam a ensaiar, poupar dinheiro, parcelar mensalidades na compra de produtos ou serviços para garantir a sua participação no próximo ano.

Publicidade
Publicidade

Em Salvador, Bahia, o povo pensa apenas em se divertir neste período e as empresas e artistas se capitalizam. Mas no Rio de Janeiro a história é outra. O estilo de carnaval propicia grande disputa. Muitos artistas ou pessoas comuns querem concorrer a uma posição de destaque.

As escolas de samba trabalham e investem muito para serem as melhores na passarela. Sambas-enredos são criados e disputados o ano inteiro para se destacarem na voz de seus narradores. Pessoas de todos os níveis sociais trabalham em suas roupas durante todo o ano para garantir um momento de "glamour". Alegria e concorrência fazem parte deste momento. E o momento final ocorre no sambódromo da Marquês de Sapucaí.

Venda de ingressos

Para quem quer acompanhar o desfile das escolas de samba do Grupo Especial, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) começou a vender nesta quarta-feira (28) os ingressos que sobraram para as arquibancadas especiais do dia 16 de fevereiro, segunda-feira (segundo dia de desfile).

Publicidade

Para o dia 21 de fevereiro, em que ocorre o desfile das campeãs, ainda existe disponibilidade de ingressos. Mas corram porque a procura é grande.

Foi determinado que a partir desta quarta-feira (28) a compra de ingressos só poderá ser realizada pessoalmente pelos cariocas e moradores da região metropolitana e o pagamento, apenas em dinheiro. O estande da Liesa fica localizado no Sambódromo, atrás do setor 11 e o atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas. O preço varia de R$ 220,00 a R$ 320,00 para os setores compreendidos entre 02 a 08, 10 e 11.

Os não residentes na cidade podem comprar até o dia 3 de fevereiro no máximo 4 ingressos, através do telefone +55 (21) 3570-8585. Outros setores possuem disponibilidade para outros dias, mas o preço é variável. Existem os setores arquibancadas, frisas e camarotes. Para quem gosta de sambar ou apenas assistir é uma excelente oportunidade. E viva o carnaval do Brasil! #Entretenimento #Rio Cultura