O final de semana no Rio de Janeiro foi extremamente violento. Em menos de vinte e quatro horas, cinco policiais foram mortos. Verifique os casos:

Lixeira da Rocinha

O subinspetor José Borges dos Santos, de cinquenta e seis anos, foi achado morto no interior de uma lixeira na favela da Rocinha, no sábado (21), pela madrugada. Seu corpo estava cravejado de tiros. De acordo com informações, ele havia se dirigido ao local para cobrar o aluguel de uma residência. O caso está sendo investigado.

Assalto em Mesquita

No mesmo dia, Cid Jackson da Silva, de cinquenta e três anos, da polícia militar, faleceu após ter reagido a um assalto em Mesquita, na Vila Emil, Baixada Fluminense.

Publicidade
Publicidade

Quando Jackson foi utilizar sua arma, a mesma não funcionou. Ele levou um tiro nas costas e três na cabeça. O policial foi socorrido por paramédicos, porém não resistiu aos ferimentos.

Sambódromo

Thiago Thome de Deus, policial civil de trinta anos, foi assassinado no bairro do Fonseca no domingo (22) aproximadamente às 6 h, depois de reagir a uma tentativa de assalto. Ele estava com sua esposa dentro de seu automóvel quando voltava do Sambódromo e foi surpreendido por homens armados. Ainda não há informações sobre o estado de saúde de sua esposa.

Assalto em Padaria

Domingo pela  manhã mais #Violência em uma padaria localizada em Nova Iguaçu. Dois policiais foram alvejados. Eles estavam em uma padaria tomando um café, quando foi anunciado o assalto por 3 homens. Após troca de tiros, Pedro Gabriel Ferreira, de vinte e cinco anos, foi atingido, socorrido, porém veio a falecer.

Publicidade

Gabriel trabalhava na UPP da Rocinha.

Praia dos Amores

Ainda no domingo, o policial militar Alan Barros da Silva, de trinta e um anos, sofreu uma tentativa de assalto por volta das 15h30 na Praia dos Amores, localizada no Recreio dos Bandeirantes e veio a morrer. Ele e outros dois agentes também estavam saindo de uma padaria quando o assalto foi anunciado e reagiram. Alan levou cinco tiros e recebeu pronto atendimento, porém não resistiu aos ferimentos. Sua morte está sob investigação. #Crime