Na Copa do Mundo do Brasil, que aconteceu ano passado, o sistema de segurança interna era responsabilidade da Federação Internacional de Futebol, a FIFA. Porém, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, isso vai ser diferente. A responsabilidade total é do Brasil e não do Comitê Olímpico Internacional, o COI. A segurança do evento vai ser organizada entre três grupos: o município, o estado e o governo federal.

A decisão foi tomada hoje, após a primeira reunião da Comissão Estadual de Segurança Pública e Civil para os Jogos do Rio 2016, conhecida também como Coesrio 2016. De acordo com o presidente da Comissão, Andrei Rodrigues, o país não deveria ter feito o acordo de se responsabilizar totalmente pela segurança, mas sim, deveria conseguir ajuda financeira para alcançar o objetivo de segurança.

A estimativa da organização é que sejam necessários aproximadamente 15 mil funcionários, o que acarretaria um custo de R$ 230 milhões. Ainda segundo o presidente da comissão, o governo não sabe se vai optar por de agentes públicos ou pela contratação de uma empresa de segurança privada. Porém, Rodrigues informou que a equipe responsável dividiu hoje etapas para estudar como a segurança deve ser feita. Ao todo, são 159 instalações que vão precisar de atenção, para os atletas e para o público, nos Jogos Olímpicos de 2016.

Mas, mesmo que os responsáveis mudem da Copa do Mundo para o Rio 2016, o presidente da Coesrio 2016 disse que o modelo geral vai ser copiado do que foi usado no mundial de futebol do ano passado. Os principais passos para a segurança são os investimentos que devem ser feitos na infraestrutura, no planejamento e na integração dos grupos que vão fazer a segurança dos jogos.

O plano de segurança do Rio 2016 não deve demorar para ser definido. O serviço vai entrar em teste em eventos Pré-Olimpíadas, como o Aquece Rio, que acontece ainda em agosto desse ano. Segundo o Coesrio 2016, todos os agentes contratados vão receber treinamento. A próxima reunião do grupo responsável pela segurança do evento acontece no dia 18 de março.

#Rio2016