Começou sábado, dia 28, a mostra "Memórias do Boto" na Cidade Universitária, Ilha do Fundão, e ficará exposta por todo o campus até dia 30 de maio.

A mostra, parte das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro, permite que os espectadores interajam com as obras, usando o QR Code que está presente no boto "Você Está Aqui", onde o espectador pode pesquisar sobre os bairros do Rio, descobrir suas curiosidades e #História e também tentar achá-los no mapa presente no boto.

A Boto Parede terá 45 botos de 2 metros de altura espalhados pelo Fundão, pintados por 23 alunos e 16 professores da Escola de Belas Artes (EBA) e 6 artistas convidados como Rosa Magalhães e Marcelo Jácome, tendo todos eles se inspirado em lugares, personagens, e passagens históricas do Rio de Janeiro para a decoração de suas peças.

Publicidade
Publicidade

Nas terças e quintas (exceto feriados), das 10h às 12h a UFRJ oferecerá visitas guiadas por monitores que contarão histórias e curiosidades sobre o Rio, e também darão informações sobre as obras de arte. A visitada deve ser marcada previamente pelo site na aba "A exposição". As quartas acontecerão as visitas dos alunos das escolas públicas de ensino.

Também haverá uma exposição, gratuita e com faixa etária livre, de segunda a domingo, das 10h às 17h. Informações sobre as localizações dos botos e os meios de transporte e circulação pelo local se encontram no site.

As obras foram feitas por: Alexandre Roque de Carvalho (Praianas), Aline Couri e Julio Lucio (Boto Funk), Andressa Lamarca (Intervenção artística sobre o Rio de Janeiro), Áquila Caetano (Arquitetura punk), Beatriz Lopes (Astroboto), Bernardo Alves (Pevsner), Bruno Siciliano (Sereno), Cássia de Mattos (Mudanças Vespertinas), Dalila Santos (Rio, eu sou você), Fernanda Metello (Memórias do Boto na Ilha de Paquetá), Fred Carvalho (Boto Botânico), Gabriel Barros (Bate-Boto), Guto Nóbrega (Rio Gambiarra), Hélio Ferreira (Botom Jobim), Henrique Cesar (Circuito da Gávea - "O trampolim do diabo"), Hugo Diniz (Tardes do Rio), Júlio Ferreira Sekiguchi (Boto Suburbano) Karina Wolff (Você está aqui), Lenes Alves (Março), Leonardo Etero (Um passeio pelo Valongo com Leandro Joaquim), Lícia Lacerda e Andréa Vieira (Eu sou o samba, sou natural do Rio de Janeiro...

Publicidade

), Licius Bossolan (1964-1985), Luziana Eleutério (Rio, suas formas), Marcelo Jácome (Memórias de Madureira), Marcelo Ribeiro (Múltiplas Cartografias: 8 Ilhas), Marcus Dohmann (Botos do Rio), Maria Luiza Fragoso (Pirayawara, Tupi), Mariana Paraizo (Celebração), Mariana Velozo (Vincent), Martha Werneck (Floresta da Tijuca), Patricia Barros (Malandro Carioca), Pedro Sánchez (S.A.A.R.A), Rafael Aguirre (Botocudo), Rafael Amorim (EU NÃO SOU UM GOLFINHO), Raira Rolisola (Made in Rio), Ricardo Pereira (Boto Mulato), Roberta Paz (Mosaico Carioca), Rosa Magalhães (As Filhas do Boto), ST1M (Rio de Flores), Tânia Campos (Muito prazer! Sou "Carioca" ), Victor Araujo (NÓS), Vinícius Gerheim (Pôr do Sol na Baía), Vladimir Machado (Nossas Origens), Wildson Martins Filho (Aquaboto), Yoko Nishio (Boto da Maré).