A situação da violência é um dos maiores problemas da cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro. Anônimos e famosos acabam vítimas de criminosos, que em situações surpreendentes causam danos. Nesta terça-feira, 22, o diretor da novela das sete da Rede Globo de Televisão, 'I Love Paraisópolis', Wolf Maya, acabou saindo das páginas do entretenimento para parar nas páginas policiais. Isso porque de acordo com informações do jornal carioca O Dia, o profissional da mídia teve sua casa assaltada. A família de Wolf Maya acabou sendo feita refém pelo bandido, vivendo momentos de pânico. O criminoso acabou mais tarde sendo preso. 

Detalhes sobre o crime realizado na Zona Sul do Rio de Janeiro

Uma assaltante pulou o muro da casa de Wolf Maya com o objetivo de roubar um automóvel do diretor.

Publicidade
Publicidade

No local, estava a filha e o genro do famoso. Eles foram obrigados a deixar o local com o criminoso dentro do carro. O marido da filha de Wolf dirigiu o carro com o intuito para não chamar a atenção de quem estivesse por perto. Ele foi obrigado pelo bandido a tomar tal atitude. 

Já na altura da Estrada da Gávea, o genro do diretor decidiu partir para cima do bandido. Os dois entraram em uma luta corporal. No momento em que viu uma cabine da polícia militar, perto da 23ª delegacia de polícia do Leblon, o rapaz jogou o carro no meio-fio. Os profissionais da segurança logo notaram que tinha algo de errado e o ladrão foi preso em flagrantes.

O criminoso acabou sendo identificado como Gabriel Luiz Gomes, de apenas 23 anos. De acordo com informações da assessoria de comunicação da TV Globo, Wolf Maya não quer falar sobre o assunto, nem passar mais detalhes sobre o ocorrido.

Publicidade

A assessoria da emissora disse apenas que o diretor de 'I Love Paraisópolis' não estava em casa, e, que, por isso, nada sofreu. O canal confirmou que a filha e o genro do profissional foram vítimas da ação. 

Já a polícia militar do Rio de Janeiro disse que o ladrão não estava armado e que seria um morador de rua. De qualquer jeito, ele acabou preso por roubo. Na delegacia, os policiais descobriram que Gabriel já tinha três passagens pela polícia. #Crime