Depois de muito canto, dança e alegria, a região próxima a cidade do rock, no Rio de Janeiro, onde durante duas semanas aconteceu o 'Rock in Rio', foi vítima da troca de tiros entre um guarda civil metropolitano e um policial militar à paisana. O militar disparou contra o guarda na saída do 'Rock in Rio'. A troca de tiros aconteceu na madrugada desta segunda-feira, 28, quando muitas pessoas estavam saindo do show da cantora Katy Perry. Os gritos e correria aconteceram em uma comunidade em frente a cidade do rock, Vila Autódromo, em Jacarepaguá. 

A informação foi confirmada pelo jornal 'O Estado de São Paulo'. Um repórter do impresso estava no local fazendo a cobertura do fim da festa.

Publicidade
Publicidade

Segundo o jornal, o primeiro tiro teria sido feito por arma de fogo, mas em seguida, outros cinco tiros de bala de borracha também foram disparados. Tudo começou quando um policial militar, que estava usando uma camisa do Flamengo, começou uma discussão com um vendedor de água, refrigerante e cerveja. Um guarda civil vendo a situação decidiu conversar o rapaz, fazendo em seguida um disparo com arma de fogo. 

A assessoria de comunicação da Polícia Militar preferiu não identificar o seu servidor público, mantendo assim a identidade dele em sigilo. No entanto, a entidade confirmou que o homem foi atingido por um tiro na mão. Ainda de acordo com o Estadão, o mesmo agente de segurança também teria sido atingido por balas de borracha, sendo só depois imobilizado pelos oficiais da Guarda Civil. 

Policiais militares identificando que o colega esta machucado e no chão ficaram exaltados e começaram uma discussão com os guardas civis.

Publicidade

O policial machucado foi levado em um micro-ônibus. Nesse momento, começou um empurra-empurra e a Guarda Civil decidiu direcionar o homem para a 16ª DP, localizada na Barra da Tijuca. Por conta dos ferimentos, o policial não ficou na delegacia, sendo novamente redirecionado, dessa vez para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, localizado na mesma região.

A PM disse que analisará o caso. Algumas pessoas chegaram a perder a condução da cidade do Rock para o Terminal Alvorada por conta da confusão, o que gerou mais discussão no local.  #Crime