Nesta terça-feira dia,10, ocorreu um tiroteio na Linha Vermelha, na altura entre os limites de Duque de Caxias e São João de Meriti, sentido Centro do Rio. Com isso, todo o trânsito foi interrompido, trazendo transtorno a todos os que tentavam se locomover pelo local, aproximadamente entre as 10:30hs às 12:40hs.  De acordo com a imprensa da polícia militar do Rio de Janeiro, Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e o portal de noticias G1, ocorreu uma operação na comunidade de Furquim Mendes, no mesmo momento, próximo ao local. No momento do tiroteio, o trânsito se tornou um verdadeiro caos, fazendo os motoristas viverem 20 minutos de horror.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a equipe do Jornal O Dia online, foram relatados mais de 200 tiros, causando o pânico em todos os que estavam no local. Tentando salvar a vida, motoristas de diversos carros se arriscavam a fazer o retorno na contra-mão, davam ré, já outros se jogavam no chão e abandonavam seus veículos para se proteger do tiroteio. 

Versão que parece se repetir, já que nesta última quinta feira passada ocorreu um outro tiroteio nesta mesma via, que é tão importante, já que liga à baixada ao centro do Rio. Incidente esse que teve como herói um homem protegendo bebê durante tiroteio no Rio. No mesmo dia do incidente, quinta-feira, dia 6, o secretário de segurança pública, José Mariano Beltrame, determinou reforço policial nesta mesma área e nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro.

Publicidade

Todavia, após diversos fatos que contribuiram para que o secretário tomasse esta decisão, o tráfico parece duvidar da preparação policial e desacredita da medida tomada, atacando novamente e enfrentando a polícia sem o menor temor.

Até hoje ainda não foi divulgado informações sobre mortos ou feridos. Policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVe) ainda estão no local para a proteção dos motoristas, já que as vias já foram liberadas. Contudo, a população do Rio teme que a #Violência em plena luz do dia esteja para ficar, criando um clima de grande insegurança. 

. #Ataque