O mistério sobre a morte do ator Antonio Pompêo, de 62 anos, continua. O corpo dele foi encontrado sem vida nesta terça-feira, 05, em sua residência, no Rio de Janeiro. Segundo informações da 43ª DP, de Guaratiba, um inquérito para investigar o motivo do falecimento de Antonio já por aberto. Enquanto isso, o cadáver do profissional da dramaturgia segue sob perícia do Instituto Médico Legal, o IML. No local, familiares precisarão fazer uma identificação do corpo. Parentes também devem ser ouvidos pela polícia, que não descarta conversar ainda com vizinhos. De acordo com uma vizinha de Pompêo, que preferiu não se identificar, o ator não aparecia do lado de fora de sua casa desde o domingo, 04.

Publicidade
Publicidade

Muito admirado na região, a causa mais provável para a morte do ator são causas naturais ou um infarto fulminante. 

Não há informações até o fechamento desta matéria (meio dia de quarta-feira, 06) sobre quando será o velório de Antonio. A família ainda não se pronunciou se o corpo será enterrado ou cremado, nem ainda se qualquer uma das cerimônias será aberta ao público. Além do trabalho artístico, Antônio era muito diferente pela luta contra o racismo. Seu ativismo pelos negros é muito reconhecido. 

Segundo a assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro, uma perícia já foi feita no local, mas o laudo não foi divulgado à imprensa. A atriz Zezé Motta disse que estava em choque com a notícia. Em novo desabafo, ela disse que Pompêo morreu de tristeza, pois foi esquecido por grandes canais, mesmo tendo um enorme talento.

Publicidade

Os dois trabalharam juntos em filmes como 'Xica da Silva' e outras cinco novelas. 

A TV Record, canal onde o ator realizou seu último trabalho, emitiu um comunicado de  pesar sobre a notícia de falecimento do artista. O profissional das artes está no ar em duas produções reprisadas pela emissora, 'Prova de Amor', de 2005, e 'Chamas da Vida', de 2008. A última participação dele em uma novela da casa foi em 2012, quando participou de 'Balacobaco'. Antonio trabalhou ainda na TV Globo, TV Manchete e SBT.  #Investigação Criminal #Casos de polícia