O Detran do Rio de Janeiro informou que aconteceu um erro na informação divulgada sobre o início da realização das vistorias dos veículos. Na última segunda-feira, dia 4 de janeiro, o Jornal O Dia divulgou a data em que a vistoria iria começar, porém apenas depois do pagamento do IPVA 2016 que será possível agendar e a emissão da guia de pagamento é que realmente começa no dia 13 de janeiro.

Para carros com final de placa número 0 o pagamento da primeira parcela ou da cota única deve acontecer até o dia 19 de janeiro. Em outras palavras, os donos de carros com placa de final 0 devem pagar o IPVA entre os dias 13 e 19 de janeiro.

Publicidade
Publicidade

Após isso será possível agendar a vistoria tanto pelo site oficial do Detran quanto pelo telefone do órgão. Os proprietários de carros com placas finais 0 e 1 tem o prazo de 31 de maio para fazer a vistoria. O calendário da vistoria e de pagamento estão disponíveis no site do Detran. É importante ficar atento aos prazos para não correr o risco de ficar com o carro em situação irregular.

Detran apreende carro com R$ 25,5 mil de débitos em IPVA

No Distrito Federal, no dia 4 de  janeiro, o Detran apreendeu um veículo que possuía 250 notificações e R$ 25,5 mil em dívidas com o órgão. O motorista tentou fugir da abordagem por não possuir carteira nacional de habilitação. A maior parte das multas foi em função do excesso de velocidade.

O carro foi levado ao pátio de Taguatinga, pois dirigir sem ter habilitação é considerado uma infração gravíssima sendo o veículo apreendido e o motorista tendo de pagar uma multa no valor de R$ 574,62.

Publicidade

No Distrito Federal existe uma frota de 1,6 milhões de carros apreendidos em situações similares.

 

Agente do Detran sinaliza acidente e é atropelada

 

Também no Destrito Federal, uma agente estava sinalizando um acidente entre dois veículos e foi atropelada. Com o impacto ela foi arremessada para a calçada, fraturou uma perna e teve traumatismo craniano. A sua situação de saúde ainda não foi divulgada e as causas do atropelamento estão sendo investigadas.

 

 

 

 

 

 

  #Governo