Uma das maiores polêmicas da décima sexta edição do 'Big Brother Brother' envolveu a jornalista Ana Paula Renault e o design Laércio Moura, de 53 anos. A protagonista do reality show, mesmo sem provas, chegou a chamar Laércio de pedófilo, entre outros adjetivos. Na manhã desta segunda-feira, 16, o ex-BBB acabou indo parar na cadeia. Ele foi preso na cidade de Curitiba, no Paraná, sendo acusado de estuprar uma vulnerável. Moura também é acusado de ceder bebidas alcoólicas para menores de idade, o que é proibido por lei. A acusação foi confirmada pela delegada Patrícia Conceição Nobre da Cruz. Em entrevista ao site 'Gazeta do Povo', ela explicou que o ex-participante do 'Big Brother Brasil' ainda responderá a outros crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Publicidade
Publicidade

Esses crimes estão sendo investigados. 

As primeiras denúncias, de acordo com a delegada, começaram a surgir assim que Laércio apareceu no reality show da Rede Globo de Televisão. Isso porque no programa ele comentou práticas sexuais que geraram polêmicas. Tantas que isso gerou também denúncias de diversas partes do país. Até então, a investigação seguia em segredo de justiça, mas aos poucos, as vítimas foram se identificando. Durante sua permanência no 'BBB', através do Facebook, supostas vítimas chegaram a contar relatos públicos da ação de Laércio. 

Conhecido como 'Barba Azul', o design deve ser interrogado ainda hoje. O advogado dele ainda não apareceu no local para comentar o caso com jornalistas. Mesmo sofrendo uma grave acusação no 'BBB', o participante acabou sendo eliminado para Ana Paula.

Publicidade

Sobre as acusações que levaram à sua prisão, Moura ainda não fez qualquer comentário. Não há previsão para que ele seja liberado da delegacia com o pagamento de fiança, por exemplo. A permanência em delegacias costuma ser de curto prazo. Depois de algumas horas, os suspeitos ou são liberados ou levados para penitenciárias. Sobre o que acontecerá com Laércio, a reportagem da 'Gazeta' não dá mais detalhes. Vamos aguardar.  #Crime #BBB Big Brother Brasil