Nesta sexta-feira (13), a Alemanha confirmou seu primeiro caso de contágio pelo #Zika Vírus através de relação sexual, elevando para nove o número de países que já apresentaram esse tipo de transmissão. Pensando em proteger sua delegação do contágio sexual, a Austrália resolveu dar uma ajuda aos seus atletas, fornecendo 1.500 preservativos com dupla proteção, para serem usados durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

O Comitê Olímpico Australiano assinou um acordo com a fabricante de preservativos Starpharma, líder do setor naqueles país. As camisinhas produzidas conterão um lubrificante antiviral, cuja função será combater o zika vírus durante uma relação sexual.

Publicidade
Publicidade

Jackie Fairley, diretora executiva (CEO) da Starpharma, acredita que a empresa tem o potencial de desempenhar um papel importante na luta contra a propagação da doença nos Jogos Olímpicos, salientando ainda que o zika vírus pode ser devastador para mulheres grávidas, devido aos problemas que pode acarretar aos recém-nascidos.

Preocupação

A medida de precaução vem depois de o ex-vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional, o australiano Kevan Gosper, ter apelado a todos os 134 atletas da delegação da Austrália que virão ao Brasil para fazerem exames de sangue logo após os Jogos Olímpicos, para ter certeza de que não contraíram o zika vírus.

"O zika vírus pode ser passado ​​para a mulher em qualquer relação sexual por um período de até seis meses", disse Gosper ao jornal australiano The Daily Telegraph, acrescentando ainda: "Eu recomendo ao Comitê Olímpico Australiano que faça um exame de sangue, duas semanas após os atletas saírem do Brasil”.

Publicidade

Atividades “não esportivas”

Quem acredita que os competidores ficarão concentrados apenas em seu desempenho esportivo durante as Olimpíadas, em busca da sonhada medalha de ouro, pode acabar se enganando.

Durante a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, serão fornecidos 450 mil preservativos para os atletas “suarem” fora das competições, além de 175 mil sachês de lubrificante, que ficarão disponíveis gratuitamente em máquinas automáticas de distribuição, localizadas onde os competidores ficarão alojados. #Rio2016