Ana Claudia Lemos é o nome mais forte do atletismo de velocidade feminino, mas a atleta está vivendo um drama. Pega no exame antidoping no dia 3 de fevereiro, a velocista está suspensa por cinco meses. Agora, além disso, foi demitida do clube o qual era atleta, o BM&FBOVESPA, que divulgou uma nota nesta quinta-feira (12) confirmando a informação.

A atleta foi suspensa preventivamente no dia 8 de março, tendo a contraprova confirmado o doping no dia 24 de março. Pelo fato de sua suspensão ser retroativa, ou seja, começar a contar a partido do dia da coleta da urina – 3 de fevereiro -, ela estará liberada a partir do dia 3 de julho, não a impedindo de competir nos Jogos Olímpicos, que terão as provas de atletismo começando no dia 12 de agosto.

Publicidade
Publicidade

 A substância encontrada no teste de Ana Claudia foi o anabolizante Oxandrolona, muito comum em praticantes de musculação.

Nota

Segundo a nota divulgada pelo Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, a demissão da atleta se deve pelo fato dela ter violado o Código de Conduta e o Regulamento do clube, os quais proíbe o uso de qualquer substância sem o conhecimento de sua equipe médica.

Julgamento

Formalizada a demissão apenas nesta quinta, o julgamento da atleta aconteceu no último dia 7 de maio. Realizado na sede da Federação Paulista de Atletismo, foram 6 votos a favor da suspensão contra nenhum favorável a atleta. Apesar dos dois resultados positivos nos testes e da votação completamente desfavorável, a defesa da velocista já declarou que irá recorrer da decisão junto ao Tribunal Arbitral do Esporte.

Publicidade

Nessa nova instância, a pena da atleta pode ser diminuída ou aumentada, visto que no primeiro julgamento, a votação foi de 3x2 a favor de apenas uma advertência.

Índices assegurados

Ana Claudia Lemos possui índices olímpicos para as provas de 100m e 200m rasos, além de ser o principal nome do revezamento 4x100 feminino do Brasil. Apesar de ter sido pega no doping, como os tempos para os índices foram conseguidos antes disso, eles continuam valendo.  

  #Rio2016